[LANÇAMENTOS]: Catálogo Editora Arqueiro - Outubro 2018



Olá pessoal, tudo bem com vocês? Como todo início de mês, hoje trago os lançamentos da Editora Arqueiro para o mês de Outubro de 2018. Tem livro novo da Série Contos de Fadas, da Eloisa James, temos Vox, uma distopia que promete causar, e livro novo do Nicholas Sparks também! Venham conferir J

[RESENHA]: A Coroa da Vingança - Colleen Houck (Deuses do Egito #03)


Título: A Coroa da Vingança
Autor: Colleen Houck
Páginas: 416
Ano de Publicação: 2018
Editora: Arqueiro

Sinopse: “Meses após sua pacata vida como herdeira milionária sofrer uma reviravolta e ela embarcar numa vertiginosa jornada pelo Egito, Lilliana Young está praticamente de volta à estaca zero.
 Suas lembranças das aventuras egípcias e, especialmente, de Amon, o príncipe do sol, foram apagadas, e só resta a Lily atribuir os vestígios de estranhos acontecimentos a um sonho exótico. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser. Enquanto tenta dar sentido a tudo isso, Lily descobre que as forças do mal almejam destruir muito mais que sua sanidade mental – o que está em jogo é o futuro da humanidade. Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. Para enfrentá-lo de uma vez por todas, Lily se une a Amon e seus dois irmãos nesta terceira e última aventura da série Deuses do Egito.”

A Coroa da Vingança é o terceiro livro da série Deuses do Egito, da Colleen Houck, e segue uma linha muito parecida com a da série do Tigre (A Maldição do Trige...), mas, enquanto me apaixonei perdidamente pelos tigres Ren e Kishan, esses Deuses Egípicios não conseguiram me ganhar.

No livro anterior as memórias da Lily foram apagadas, e agora ela precisa lembrar de tudo o que ela viveu até aqui para conseguir cumprir o seu papel na batalha final contra as forças do mal. Além disso, ela precisa lidar com seus sentimentos confusos em relação aos 3 irmãos, e decidir se seu futuro é realmente ao lado de Amon ou não. Se não bastasse tudo isso, ainda tem suas "vozes interiores", "hospedeiras" ou "companheiras de viagem" que tentam cada vez mais serem ouvidas, tomar as rédeas da situação, e isso em alguns momentos faz com que a Lily tenha medo de perder o controle da própria vida.



Como disse anteriormente, essa história não me convenceu por completo. Falando da trilogia como um todo, achei que o sentimento entre Amon e Lily surgiu muito rápido, não consegui criar um vínculo com a história dos dois para torcer pelo casal. Houveram muitos detalhes desnecessários, e as partes onde haviam informações importantes foram mal explicadas. Lily é particularmente irritante, com seus momentos de menina indecisa e mimada, e por vezes quis muito que ela não tivesse um final feliz. ⠀

Os três irmãos separadamente são maravilhosos, o problema é quando resolvem brigar pela Lily. E a indecisão dela entre os três, a forma como alimenta esperanças em cada um me deixou com muita raiva. Sei que em algumas vezes não era culpa dela, e sim das suas “hóspedes”, mas acredito que teria gostado muito mais da história se não houvesse esse quarteto/sexteto amoroso. Outro ponto a ressaltar é que achei os irmãos do protagonista muito melhores que ele, mais carismáticos, com mais personalidade, literalmente roubaram a cena, fazendo com que Amón ficasse bem apagado ao longo da história. 

Falando sobre os personagens secundários, a Leoa Tea me conquistou muito, com seu jeito direto de ver as coisas. Set foi um vilão muito bem construído, daqueles que nos faz tomar raiva de verdade. Eu gostei da vó da Lily e não fiquei satisfeita com o final dela, eu esperava algo melhor. Também senti falta dos pais da Lily na narrativa, ele sempre pareceu sozinha no mundo!

Ponto positivo no livro (além da edição da Arqueiro que está maravilhosa!) foi aprender um pouco sobre a cultura e mitologia egípcia, são passadas informações bem legais, e é sempre bom aprender coisas novas. Mas quanto a história mesmo, eu realmente esperava bem mais. 

Beijos e até a próxima!


[SORTEIO]: ANIVERSÁRIO DO BLOG ENTRE PÁGINAS!



03 Anos do Blog Entre Páginas! Comecei esse espaço pela necessidade de falar sobre as minhas leituras, querer compartilhar minhas experiências assim como conhecer as de outros leitores também. Não imaginava que essa caminhada ia me levar a conhecer tantos blogs e pessoas tão maravilhosas, tantas leituras novas, eventos, e me trazer uma prazer cada vez maior pelo que eu faço. O Entre Páginas tem cada dia mais, conquistado mais espaço e leitores, e isso me faz imensamente feliz pois todo o conteúdo é criado com muito carinho, respeito e amor. As opiniões expressas aqui são sempre sinceras, buscando levar a verdade aos leitores que nos acompanham!

E para comemorar esses 3 anos de muito amor, claro que não poderia faltar um sorteio não é mesmo? Serão 2 ganhadores, e cada um deles levará 4 livros para casa!

Confiram as regras e boa sorte!

BLOGS AMIGOS


[TEXTOS]: SETEMBRO AMARELO + SORTEIO




“Deixo a vida como deixo o tédio”
Álvares de Azevedo

Olá amigos do entre páginas! Começo a postagem de hoje com o verso de um importante poeta brasileiro do período romântico. Este movimento literário tinha como uns dos focos a melancolia, tristeza e morte, essa última, usada como uma forma de fugir definitivamente da realidade e acabar com o sofrimento da alma. Mas a morte não é uma alternativa, devemos VALORIZAR A VIDA. Assim, o Blog Entre Páginas, engajado no Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, dedica essa postagem para comentar sobre um assunto tão importante e trazer alguns livros que tratam sobre o autoextermínio, a fim de que esse tema também seja debatido no meio literário.

Em primeiro lugar, é preciso salientar que 32 pessoas se suicidam no Brasil por dia, tornando atualmente problema de Saúde Pública. Ademais, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) 90% dos casos de autoextermínio poderiam ter sido evitados. Com isso, a ideia é promover eventos que abram espaço para debates, divulgar o tema e alertar a população.

Também é importante pensar que esse tema é delicado, ou seja, ele não pode ser simplesmente jogado na literatura, nos debates e em notícias sem um preparo, pois ainda existe o “Efeito Werther”, (refere-se a um pico de emulações de suicídios depois de um suicídio amplamente divulgado. O nome se deve ao romance Os Sofrimentos do Jovem Werther do alemão Johann Wolfgang Von Goethe- Wikipédia). A respeito disso, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e o Conselho Federal de Medicina (CMF) criou a Cartilha- Comportamento suicida: conhecer pra prevenir, um manual direcionado aos profissionais da imprensa.


“Se a arte nos faz pensar sobre o sentido da vida, por que não aproveitá-la para discutir os tabus que rodam a morte?”

Pâmela Carbonari

Como Pâmela diz, devemos nos valer da literatura para acabar com esse tabu, assim o Blog em parceria com a @_milcaretas está sorteando, no Instagram, dois livros incríveis que tratam sobre esse tema e ainda tem uma máscara de dormir super fofinha, então corre lá para participar!


Vou deixar aqui embaixo as sinopses dos livros do sorteio e uma indicação de livro super maravilhoso que pode ajudar você ou um amigo que está precisando de ajuda. O Livro Farmácia Literária, de Ella Berthoud e Susan Eldekin, sugerem mais de 300 livros úteis para ajudar no tratamento de centenas de males, como a depressão - uma das principais causas do suicídio. Além disso a Superinteressante fez uma matéria muito linda sobre “ Como a literatura pode nos ajudar a falarsobre suicídio” que é da Pâmela Carbonari.


SinopseTudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho,



Sinopse: Jenny Lawson está longe de ser uma pessoa comum. Ela mesma se considera colecionadora de transtornos mentais, já que é uma depressiva altamente funcional com transtorno de ansiedade grave, depressão clínica moderada, distúrbio de automutilação brando, transtorno de personalidade esquiva e um ocasional transtorno de despersonalização, além de tricotilomania (que é a compulsão de arrancar os cabelos). Por essa perspectiva, sua vida pode parecer um fardo insustentável. Mas não é. Após receber a notícia da morte prematura de mais um amigo, Jenny decide não se deixar levar pela depressão e revidar com intensidade, lutando para ser alucinadamente feliz. Mesmo ciente de que às vezes pode acabar uma semana inteira sem energia para levantar da cama, ela resolve que criará para si o maior número possível de experiências hilárias e ridículas a fim de encontrar o caminho de volta à sanidade. É por meio das situações mais inusitadas que a autora consegue encarar seus transtornos de forma direta e franca, levando o leitor a refletir sobre como a sociedade lida com os distúrbios mentais e aqueles que sofrem deles, sem nunca perder o senso de humor. Jenny parte do princípio de que ninguém deveria ter vergonha de assumir uma crise de ansiedade, ninguém deveria menosprezar o sofrimento alheio por ele ser psicológico, e não físico. Ao contrário, é justamente por abraçar esse lado mais sombrio da vida que se torna possível experimentar, com igual intensidade, não só a dor, mas a alegria.



Sinopse: Para criar esta obra, as autoras viajaram por dois mil anos de literatura, selecionando livros que promovem felicidade, inspiração e sanidade, escritos por mentes brilhantes que nos mostram o que é ser humano e nos permitem identificação ou até mesmo catarse. Estruturado como uma obra de referência, em Farmácia literária os leitores podem simplesmente procurar por sua doença, seja ela agorafobia, tédio ou crise da meia-idade, e encontrarão um romance como antídoto. A biblioterapia não discrimina entre as dores do corpo e as da mente (ou do coração). Está convencido de que tem sido covarde? Leia O sol é para todos e receba uma injeção de coragem. Vem experimentando um súbito medo da morte? Mergulhe em Cem anos de solidão para ter uma nova perspectiva da vida como um ciclo maior. Ansioso porque vai dar um jantar na sua casa? Suíte em quatro movimentos, de Ali Smith, vai convencê-lo de que a sua noite nunca poderá dar tão errado. Brilhante e encantador, Farmácia literária pertence tanto à estante de livros quanto ao armário de remédios. Esta obra vai fazer com que até mesmo o leitor mais aficionado descubra um livro do qual nunca ouviu falar e enxergue com outros olhos aqueles mais familiares. E, mais importante, vai reafirmar o poder da literatura de distrair e fazer viajar, repercutir e curar, além de mudar a maneira como vemos o mundo e nosso lugar nele.


Não se esqueça de falar sobre seus sentimentos pedir ajuda, LIGUE 188 e fale no CVV. Tem sempre alguém disposto a te ouvir!
Site CVV

[CLUBE DOS 5]: Os Cinco Livros Mais Desejados No Momento!



Olá pessoal, tudo bem com vocês? Há quanto tempo eu não trago um post do Clube dos 5  por aqui! Para quem não conhece, esse marcador do blog é o famoso “5 qualquer coisa”, onde aponto 5 coisas relacionadas ao mundo literário que me agradam. O Clube dos 5 de hoje é para falar sobre os livros que mais tenho desejado no momento, e olha, até que foi mais difícil de escolher só cinco do que eu imaginava viu?!
© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger