[RESENHA]: Um Sedutor Sem Coração (Os Ravenels #1) - Lisa Kleypas


Título: Um Sedutor Sem Coração (Os Ravenels #1)
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 320
Ano de Publicação: 2018
Editora: Arqueiro

Sinopse: Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon. Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negarAo perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?

Nossa história inícia-se tragicamente com a presença de uma morte na família Ravenel. Após a morte do primo de Devon, ele será o responsável por cuidar das dívidas da propriedade, onde vive atualmente as irmã de Theo, Cassandra, Pandora e Helen, mas não podemos esquecer da viúva, é claro, Kathleen. Ela estava casada com Theo a três dias, quando a morte repentina do marido aconteceu. Seu período de luto é super severo, e como a criação de Kathleen foi rígida, ela fará de tudo para manter o luto com 1 ano, mas, Devon chegou ao Priorado para roubar seu momento mórbido.

[RESENHA]: Quando a Bela Domou a Fera - Eloisa James



Título: Quando a Bela Domou a Fera
Autor: Eloisa James
 Páginas: 320
Ano de Publicação: 2017
Editora: Arqueiro

Sinopse: “Quando a Bela domou a Fera é uma deliciosa releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?”
Oie oie minha gente, tudo bem com vocês? Ah eu comecei 2018 agarradinha no Romance de Época não é mesmo? Até então eu só conhecia os livros da Julia Quinn, por isso resolvi conhecer novas autoras do gênero e estou cada vez mais apaixonada pela escrita da Eloisa James. Quando a Bela Domou a Fera foi o segundo livro dela que eu li, e esse conseguiu me conquistar ainda mais que Um Beijo a Meia-Noite (que já foi um amorzinho!). Venham conferir o que eu achei do nosso Dr. House de época e sua história!

[RESENHA]: Mr. Romance - Leisa Rayven





Título: Mr. Romance
Autor: Leisa Rayven
Páginas: 358
Ano de Publicação: 2017
Editora: Globo Alt
Compre Na Amazon:  Mr. Romance
SkoobMr. Romance
Sinopse: Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?

Olá! A um tempinho não faço resenhas para o blog, mas essa leitura foi tão importante para mim que preciso compartilhar com vocês. 

Autora de peças de teatro e dramaturgias produzidas na Austrália, Leisa Rayven, começou escrevendo fan fictions online, obteve sucesso e passou, assim, a escrever e publicar livros. Entre eles Mr. Romance um livro com uma história divertida e envolvente narrado por Eden Tate, que vive na cidade de Nova York. 

Eden é uma mulher forte e decidida que não acredita em romances, com isso gasta sua energia com homens de uma noite para satisfazer suas necessidades. Em contrapartida está sua avó, que está louca para ver a neta namorando, e sua irmã, que acredita em príncipes encantados. 

[...] “Isso é o que o amor faz com você: te apresenta esse universo de dor em expansão. Porque ninguém fica para sempre. Todos vão embora no fim” [...] 


 Toda essa atmosfera passa por uma reviravolta quando Tate, insatisfeita com o trabalho, resolve fazer uma reportagem que mostre ao seu chefe seu valor e lhe garanta uma promoção. Dessa forma, por uma dica da irmã, ela resolve ir atrás da identidade de MR. Romance acreditando que ele é um aproveitador de mulheres solitárias da alta sociedade. Mas seu plano começa a não sair como planejado, Max Riley descobre que ela está o espionando e resolve fazer uma proposta. Esta consiste em Tate sair em três encontros com Max, se ela se não se apaixonar por ele, receberá todas as informações para expor Mr. Romance em sua reportagem. Tudo isso parece fácil para Eden, no entanto o discorrer da história nos mostra que essa aposta acaba se tornando um desafio para ambos. 

 [...] "Todos nós precisamos de um pouco de fantasia. Em alguns momentos, acreditar que tudo pode ser diferente é a única coisa que nos mantém de pé." [...] 

Mr. Romance é um livro feito para pessoas românticas e apaixonadas, é um clichê em essência que foi construído em cima de personagens fora do clichê, tornando tão fantástico e autêntico. Sua escrita é fácil tornando a leitura do livro natural. Eden é super engraçada e Max é um fofo, apesar de achar ele muito idealizado, ele se dá bem com todo mundo e cada hora aparece fantasiado de um jeito, eu acho ele meio psicopata, você nunca sabe quando é real e quando está atuando fora os personagens que ele escolhe. Ademais achei os personagens secundários meio apagadinhos, como por exemplo Toby, amigo de Eden, que só aparece quando ela precisa e não recebe muita gratidão em troca. Na verdade Eden se mostra uma péssima amiga quando se trata de Toby, não gostei da atitude dela. 



Quando acabei a leitura do livro achei os dois protagonistas muito exagerados, eu senti que eles dramatizaram demais uma situação e prolongaram um sofrimento que eu não conseguia enxergar. Fiquei com tanta raiva que fiquei pensando nos dois dias após o fim da leitura. E no fim percebi que esse livro foi feito pra mim. Assim como Eden precisava de Max para entender o romance e aceitar o amor, eu precisava da Leisa para lembrar que os contos de fada ainda existem e que o amor é o maior de todos os sentimentos.

 É exatamente isso que acontece com os protagonistas eles não são exagerados de uma forma negativa, eles são exagerados da forma que Cazuza escreve, eles são muito intensos e tudo que sentem, sentem com mais força, porque é isso que o amor faz com as pessoas. Esse livro me fez querer achar meu Mr. Romance e viver toda essa intensidade, agora eu acredito em finais felizes e devo muito a esse livro leitura que muito recomendo. 

[...] “ Todas nós já nos machucamos. Todas nós temos cicatrizes em alguns lugares. Mas o romance nos permite esquecer disso por um momento e acreditar que contos de fadas podem ser reais. Nós vivemos em um mundo de homens falhos. Não há vergonha nenhuma em se permitir acreditar em um perfeito por um tempinho...”

  Espero que tenham gostado, beijos até mais!


[RESENHA]: O Casal Que Mora Ao Lado - Shari Lapena


Título: O Casal Que Mora Ao Lado
Autor: Shari Lapena
Páginas: 294
Ano de Publicação: 2017
Editora: Record
Compre Na AmazonO Casal Que Mora Ao Lado
SkoobO Casal Que Mora Ao Lado
Sinopse: É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa, afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando.
Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta e Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.


O livro escolhido de hoje é sobre O Casal Que Mora Ao Lado do autor Shari Lapena  lançado pela editora Record. Um livro que se encaixa na categoria Suspense. Confesso que essa foi a minha primeira leitura do gênero suspense e acho que talvez eu não consiga me expressar muito bem. Espero que não decepcione vocês.   


[SORTEIO]: Folia Literária!



Carnaval é tempo de festa e de... sorteio! \õ/ O Natal Literário foi um sucesso tão grande que resolvemos repetir a dose, agora com um sorteio de Carnaval. A gente faz com muito carinho e dedicação para que vocês, leitores queridos, tenham sempre oportunidade de concorrer a kits maravilhosos! Acho que sorteios comemorativos vão virar uma tradição nossa e quem sabe não vem também um sorteio de Páscoa por aí...

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger