[Parceria] Autora Raiza Varella




Bom dia pessoal! É com grande carinho que apresento a nova autora Parceira do Blog, Raiza Varella, autora do livro “O Garoto dos Olhos Azuis”, publicado pela Editora Pandorga, do conto em Ebook “O Último Adeus”, e do livro “O Garoto Que Tinha Asas”, com lançamento previsto para Março.

Sobre a autora: Raiza Varella nasceu em São Paulo, Capital. É apaixonada por livros e animais quase tanto o quanto é apaixonada por Supernatural, Dr. House efast food, quase! Tem preferência por filmes com finais felizes e ainda teima em acreditar em contos de fadas, abóboras e fadas madrinhas, com tanto que decidiu escrever seu próprio livro, O garoto dos olhos azuis é seu primeiro romance. Formada em direito e fissurada por amores impossíveis, mora na cidade natal com o marido, filho, dois cães e três gatas, todos cheios de personalidade própria.
Obras publicadas:
O Garoto dos Olhos Azuis (2014)
Conto em ebook: O Último Adeus (2015)

(Fonte: Blog da Autora

Sobre os livros: Os livros O Garoto dos Olhos Azuis e o Garoto que tinha Asas fazem parte da Trilogia Encantados, tendo o segundo livro, previsão de estreia para março de 2016. Já sabem o quanto sou fã de romances não é mesmo? Só posso dizer que já estou louca para começar essa trilogia que tem tudo para ser maravilhosa! Detalhe: Olhem que lindeza essas capas!
Confiram a Sinopse dos livros! 


Título: O Garoto dos Olhos Azuis
Autor(a): Raiza Varella
Editora: Pandorga
Ano de lançamento: 2014

Sinopse: "O príncipe encantado existe?
Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella."


Título: O Garoto Que Tinha Asas
Autor(a): Raiza Varella
Previsãode lançamento: 03/2016
Adicione aos desejados no Skoob: O Garoto Que Tinha Asas

Sinopse: "Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, e em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera."


Desde já gostaria de agradecer a autora pela confiança e carinho com o Blog, prometo que não vamos decepcionar! A Raiza foi super atenciosa, e ainda nos deu uma entrevista! 


Entrevista - Raiza Varella




EP - Fale um pouco sobre você, Idade, de Onde é, o que gosta de Fazer...

RV - Meu nome é Raiza Varella, tenho 26 anos, nasci e fui criada em São Paulo, Capital. Sou uma Bacharela em Direito que não exerce a profissão, fissurada por seriados como Supernatural, White Collar, Grey's Anatomy entre outros, viciada por livros e apaixonada por palavras.

EP - Como surgiu a ideia de produzir o livro?
RV - O Garoto surgiu do nada, eu tinha apenas uma personagem perdida dentro de uma casa com vários rapazes e mil possibilidades de fazer isso acontecer. Cada pedacinho da história foi surgindo aos poucos, boa parte enquanto ela era criada. Quando comecei o projeto eu sabia apenas o começo, o meio e o fim, tudo o que veio entre essas partes saiu no impulso.

EP - Algum personagem tem um pouco mais da sua personalidade? Qual?
RV - Não. Cada um deles tem um pouco de mim na medida.

EP - Como surgiu a vontade de escrever profissionalmente?
RV - A vontade de escrever profissionalmente demorou a aparecer. No início eu queria apenas terminar o livro, esse era o sonho. Acreditava que me realizaria quando escrevesse a palavra "fim" na última página. Depois de pronto uma amiga me incentivou a procurar por uma editora e ele foi aprovado. O resto é história... Se eu fosse puxar pela memória exatamente quando eu vi que aquela era mesmo a profissão que eu queria pra mim eu diria que foi quando o primeiro leitor me "achou" para elogiar o meu trabalho, até então eu ainda tinha dúvidas sobre a minha capacidade como escritora.

EP - Qual foi a maior dificuldade encontrada para publicar o seu livro?
RV - Nunca desistir. Ser escritor no Brasil é uma luta sem fim e o que não irá faltar são portas fechadas. Se esse é um sonho deve-se lutar por ele.

EP - Quais são os amores e as dores dessa profissão?
RV - Os amores são os leitores, com certeza. Cada recado, carta, mensagem, foto postada, cada ato de carinho conta e conta muito para fazer o trabalho valer a pena. Já as dores é a dificuldade da profissão. Não é fácil encontrar editora, se lançar, se divulgar, tudo leva tempo e esforço, mas é extremamente gratificante.



Logo logo teremos a resenha de O Garoto de Olhos Azuis aqui no Blog, aguardem!
Beijos e até a próxima!


Amor em Pó: Pó de Lua - Clarice Freire


Título: Pó de Lua
Autor(a): Clarice Freire
Editora: Intrínseca
Ano de lançamento: 2014
Compre Aqui: Pó de Lua

Sobre o livro:Em 2011, discretamente, a publicitária Clarice Freire criou no Facebook uma página para reunir seus escritos e desenhos. Batizou-a como Pó de Lua, sua receita infalível "para tirar a gravidade das coisas". Desde então, ela vem conquistando uma legião de fãs fiéis e engajados, que se encantaram com a delicadeza de seus pensamentos, seu humor sutil e o traço despretensioso, que combina desenho e até fragmentos de palavras. Entre eles, estão personalidades como a atriz Grazi Massafera. Da internet para as páginas de um livro, foi mais um salto para a jovem autora recifense, de apenas 26 anos. Ela surpreende seus admiradores com uma proposta diferente. Pó de lua, o livro, tem o formato de um dos cadernos moleskine em que Clarice exercita sua criatividade. Inspirada pelas quatro fases da lua – minguante, nova, crescente e cheia –, ela trata em frases concisas e certeiras de sentimentos como a saudade, o medo, a paixão e a alegria, sempre em sua caligrafia característica, ilustradas com muitos desenhos.” (fonte: Intrínseca)


Bom dia Pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vamos falar de um livro muito amor que eu ganhei na BF2015, o Pó de Lua .
Já havia comentado aqui no blog que não sou fã de livros de poesia certo? Infelizmente, é um gênero que não me prende muito; ler uma ou outra ok, mas um livro todo nunca consegui... Até conhecer o Pó de Lua


Pó de Lua é uma obra linda e reflexiva, publicada em uma edição maravilhosa pela Editora Intrínseca.  O livro tem o formato de um de caderno moleskine, parecido com o que Clarice exercita sua criatividade, e isso nos faz sentir mais próximos da autora; lembra um diário cheio de pensamentos e emoções, prontos para transbordar a cada página. O livro trás poesias, versos, palavras, e pensamentos, que não só revelam toda a sensibilidade da autora, mas como também desperta todos esses sentimentos e emoções no leitor.

Sabe aqueles dias em que nos sentimos tão cheios de pensamentos, sentimentos e emoções, que achamos que vamos transbordar? Clarice com certeza transbordou, e o resultado disso foi essa obra maravilhosa. A cada página encontramos uma lição, uma mensagem que nos faz pensar “Epa, eu já senti isso!”.  Nós lemos, relemos, refletimos e amamos. É uma obra que pode ser lida de uma vez, ou aos pouquinhos também, sentindo o momento à cada verso. 


O livro é composto de várias ilustrações e jogos de palavras, e foi justamente isso que chamou a minha atenção. São ilustrações, pensamentos e palavras, que dão mais vida e sentimento a poesia, e nos deixam mais apaixonados ainda por cada detalhe do livro. É dividido em quatro fases, seguindo as fases da lua: Crescente, Nova, Minguante e Cheia. Ressalto mais uma vez trabalho excelente da editora, as ilustrações são tão reais que parecem desenhas no próprio livro, a borda das páginas é azul, dando um toque todo especial, e combinando com a capa, que vamos ser sinceros, é um amor só! Tudo nesse livro me conquistou, e não canso de admirá-lo!

Pó de Lua é um livro muito gostoso de ler, a beleza em cada página é de encher os olhos, e o sentido de cada poesia, de mexer com o coração. Já achei ali algo para tantos momentos da vida, que Pó de Lua virou meu “livro de pensamentos”; quando preciso de inspiração, ou de algo que me faça bem, simplesmente abro em qualquer página e vejo o que a vida me mostra. Clarice demonstra tanta sensibilidade e carinho, que é impossível não se apaixonar por cada palavra.


Recomendo o livro para qualquer amante da escrita, amante das palavras. Pó de Lua é um livro feito para todos e qualquer um, que conquista o leitor pela sua simplicidade e sentimento!

A Editora Intrínseca disponibilizou um trecho do livro, se quiser conferir, basta clicar aqui.  O site oficial também é um amor só, com várias fotos de trechos do livro, enviadas pelos leitores!

Pó de Lua não sai mais da minha estante, e se tiverem a oportunidade de ler, tenho certeza que não sairá da de vocês também!

Beijos e até a próxima! 


Série After Dark - A. C. Meyer

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Resolvi inaugurar hoje a nossa coluna semanal SÉRIES E SAGAS! Acho complicado fazer resenhas de séries, sagas, trilogias, porque sem querer podemos acabar revelando algo do livro anterior, e isso é chato né? Portanto, nessa coluna, irei apresentar toda a série/saga/trilogia, com as minhas impressões superficiais, sem revelar muito do enredo... É quase uma resenha, mas diferentes nos pontos certos!

E para começar, escolhi uma das minhas séries preferidas, e o melhor de tudo: NACIONAL Apresento a vocês, esse trabalho maravilhoso da autora A.C. Meyer.


"Daniel, Zach e Rafe são amigos e sócios de um dos bares mais badalados de Los Angeles. Alan é o sensual guitarrista que comanda a The Band, a banda que agita as noites no After Dark. Solteiros, bonitos e bem-sucedidos, tudo o que eles desejam é curtição. Mas será que eles estão imunes ao amor?

Junte uma "fada madrinha" chamada George, uma garotinha muito fofa, muita música e quatro mulheres especiais. O resultado? Romance, suspiros e muita diversão!"

Pense em um grupo de “amigos”: três homens unidos como irmãos, lindos e maravilhosos, donos de um bar super badalado; duas amigas criadas como irmãs, e uma delas, realmente irmã de um deles; um vocalista de uma banda, rebelde e lindo de morrer; um amigo gay (o melhor de todos os tempos!) que adora se envolver na vida dos outros e “juntar todo mundo”; uma médica com um passado sombrio, e mãe solteira de uma menininha encantadora; e uma assistente “inocente”, caindo de cabeça nas histórias desse grupo.

Esses são Daniel, Rafe, Zach, Julie, Johan, Adam, George, Jenny e Livy, os personagens principais dessa série pela qual me apaixonei! Cada livro da série tem como foco a história de um propício casal, mas sempre mostrando um pouquinho dos outros personagens, o que eu amei. É lindo ver uma história se ligando a outra, os personagens se tornando cada vez mais próximos, e o melhor, nunca nos despedimos de verdade, já que um sempre aparece "no livro do outro"...




Louca Por Você

Sinopse: “Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.
Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão.  Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha. Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?

Considerações: Louca Por Você foi uma verdadeira caixinha de surpresas pra mim, que me apaixonei perdidamente pela história e por seus personagens. Foi maravilhoso poder acompanhar a evolução e o amadurecimento da Julie, assim como o do Daniel, que em minha opinião foi quem mais precisava “crescer”. Além disso, temos George a todo o momento, criando as situações mais engraçadas, tendo as ideias mais mirabolantes, e tentando sempre fazer o melhor pelos seus amigos, o que é maravilhoso e causa sempre as melhores sensações. É um primeiro volume excelente e que cria as melhores expectativas de tudo o que ainda está por vir nos próximos livros!



Apaixonada Por Você

Sinopse: “Depois do emocionante romance entre Julie e Daniel em Louca por você, chegou a vez de conhecermos a história de Johanna e Zach. Ela é uma advogada que trabalha para artistas. Ele, um empresário de muito estilo – sócio e melhor amigo do irmão dela.
Quando a paixão dos dois esquenta, surge um impasse: ele quer assumir a relação para todo mundo, mas ela tem medo da possível reação de seu irmão Danny, que confia muito em Zach.
Será que Johanna, essa mulher tão decidida e independente, conseguirá não magoar seu cobiçado “senhor Delícia”? E será que Zach, para assumir o relacionamento, vai amolecer o coração do amigo Danny, que agora será papai?”


Considerações: Cada livro da série After Dark me conquistou por um motivo, e Apaixonada Por Você foi pela sua simplicidade. Zach e Jo são o meu casal preferido, principalmente pelo Zach (Thor para os íntimos!)! Ele lava, passa, cozinha, e ao contrário de Daniel, ele faz de tudo para assumir o relacionamento, quem dificulta é a Jô por medo do ciúme do Danny. Jô foi um tanto insegura e algumas vezes imatura no que se referia ao relacionamento, mas quando os dois finalmente se acertaram e resolveram dar um grande passo, foi um dos momentos mais lindos de toda a série. Suas breves aparições em Fascinada Por Você só vieram acrescentar altas doses de romantismo a trama, daqueles que nos fazem suspirar e desejar viver um amor assim...



Fascinada Por Você

Sinopse: “Rafe, Daniel e Zach são grandes amigos e donos da casa noturna After Dark, em Los Angeles. Nos dois primeiros volumes da série, nos apaixonamos com as histórias de Zach, que se casou com Johanna, irmã de Daniel, que por sua vez se casou e teve duas filhas com Julie, melhor amiga de infância de Johanna.
Agora chegou a vez de vibrarmos com o romance entre Rafe e sua vizinha, a doutora Jenny, que é mãe da pequena e doce Maggie, que adora o “tio Rafe” — a quem ela insiste em chamar de“papai”...
Jenny e Rafe são pessoas reservadas, e o passado deles pode esconder feridas que ainda não cicatrizaram.Os dois tiveram, juntos, um rápido rompante de amor em Apaixonada por você. Mas agora as coisas esfriaram e a médica não está se mostrando aberta a um novo amor.Rafe não pretende desistir da mulher que tanto admira e deseja, por isso fará de tudo para provar que é um amante fiel e que pode dar proteção a Jenny — principalmente agora, quando uma ameaça do passado revela-se ainda viva para ela e sua filha.”


Considerações: Fascinada por Você é, em minha opinião, o melhor livro da série (Mas Zach e Jo ainda são meu casal preferido!! ). Como nos anteriores, o romance nos conquista de cara, mas a carga emocional presente nesse volume é muito maior, o que fez com que eu me envolvesse mais com os personagens, e me emocionasse muito mais. Sentimos o “peso” da história bem no início, quando conhecemos o passado de Jenny, e percebemos que o problema com o qual ela lidou e ainda lida é um perigo real e infelizmente muito presente nos dias atuais. A história de vida de Rafe também é muito triste, e a forma como ele e Jenny curam as feridas um do outro, faz com que o laço que os dois criam seja muito mais forte. Quando o final feliz finalmente veio (e me surpreendeu muito!) eu já havia chorado muito, mas ainda assim consegui guardar mais para o final, que foi lindo e comovente!  hahaha


O trabalho da Universo dos Livros na edição foi maravilhoso! Cada detalhe foi pensando com muito carinho, as capas são lindas e as contra capas também! Estão de Parabéns! 

Tive a oportunidade de conhecer a autora no lançamento do Fascinada Por Você aqui em BH, e posso afirmar que ela é um amor só! Tratou a todos com muita atenção e carinho, distribuiu brindes e muitos marcadores *-* 
No site da A.C. Meyer (clique aqui)tem vários contos, playlist dos livros, vídeos, extras, e ainda um espaço para solicitar marcadores dos livros! Vejam quanto carinho com os leitores!



Só posso dizer o quanto estou ansiosa para o 4º volume da série, que contará a história de Alan e Livy! Ao mesmo tempo em que ficamos loucos para ter um pouquinho mais de todos os personagens, a consciência de que é o último livro até faz doer o coração... Espero que logo tenhamos muitas novidades dessa autora maravilhosa, e que muitos livros bons venham por aí! 

Bem pessoal, espero que tenham gostado do post e da série!  Quando tiveram a oportunidade, leiam, e depois me digam o que acharam!

Beijos e até a próxima!


[Resenha]: As Crônicas de Bane - Cassandra Clare, Maureen Johnson e Sarah Rees Brennan




Título: As Crônicas de Bane
Autor(a): Cassandra Clare, Maureen Johnson e Sarah Rees Brennan
Editora: Galera
Ano de lançamento: 2014

Sinopse: "Nesta edição ilustrada, são narradas as mais diversas aventuras do feiticeiro imortal Magnus Bane, das aclamada séries de Cassandra Clare. Entre escapadas no Peru e resgates reais na Revolução Francesa, acompanhe fragmentos da vida do enigmático mago ocorridos em diversos países e períodos históricos, com aparições de figuras conhecidas como Clary, Tessa, Will e Alec, personagens de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais."


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Confesso que essa não foi uma resenha muito fácil de fazer, porque, de certa forma, esse livro me tirou e muito da minha zona de conforto. Mas isso não quer dizer que tenho uma opinião negativa sobre o livro.

Magnus Bane se intitula o Alto Feiticeiro do Brooklin, e é um personagem muito importante na série de livros Os Instrumentos Mortais. É cheio de mistério, um guarda-roupa extremamente peculiar, e senso de moda nada convencional. Ajuda os Caçadores de Sombras em vários momentos fundamentais dos livros, e por esse motivo, ganhou um spin-off contando um pouco da sua história.


O livro As Crônicas de Bane é composto por várias histórias que aconteceram ao longo da vida de Magnus, algumas ligadas à história de Os Instrumentos Mortais, outras não. Conhecemos um pouco mais da vida do feiticeiro, e o porquê de algumas pontas soltas da série TMI.

Confesso que achei a leitura um pouco cansativa, mas acredito que seja porque livros de fantasia não tem me prendido muito, e não pelo enredo do livro em si. Outro ponto é que não tenho o hábito de ler spin-off, mas resolvi dar uma chance porque gostei muito de Os Instrumentos Mortais, e apesar de ter demorado mais que o habitual, gostei sim do livro.


Magnus é um personagem muito engraçado, e que esconde bem a sua percepção dos fatos narrados. Às vezes temos a impressão de que ele não liga para nada (além das roupas e do cabelo), mas lendo as coisas pelo seu ponto de vista, percebemos o quanto ele se preocupa com os demais personagens e o bem dos “mundanos”, mas tenta manter a pose de “Não ligo para nada”...

Todos os personagens e lugares retratados no livro são bem descritos, mas não é aquela coisa maçante, conseguimos visualizar bem cada personagem e cenário com os detalhes fornecidos, e isso facilitou bem a leitura.

A edição é maravilhosa! Além da capa holográfica linda, na abertura de cada capítulo temos um quadrinho relatando alguma parte da história, e eu gostei muito disso! Ao todo são 11 crônicas, e nem todas estão em ordem cronológica, mas isso não afeta muito a leitura, deve dificultar um pouco para quem não conhece a história de Os Instrumentos Mortais, mas na maior parte do livro não faz muita diferença.

Apesar da minha dificuldade, gostei muito do livro, e pretendo der outros ligados a série. Recomendo a quem gosta de livros de fantasia, tem personagens para todos os gostos!

Bem pessoal, espero que tenham gostado! Beijos e até a próxima!

Itens de papelaria: Fofuras para o Dia-a-Dia!


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje o nosso post é um pouquinho diferente do habitual... Ano-Novo, vida nova, chega a hora de comprarmos os itens de papelaria que vão nos acompanhar durante o ano, não é mesmo?

Eu AMO papelaria fofa, acho que deixa tudo mais bonito, (além de sempre ajudarem nas fotos) e sempre procuro os itens que são mais a minha cara, mas que também sejam funcionais.

Nesse post, gostaria de mostrar a vocês todas as coisas lindas de bonitas que escolhi usar esse ano, e olhem que ainda devo adquirir muito mais, porque sou meio compulsiva com essas coisas!

IMPORTANTE: Quero deixar claro que mesmo que em alguns produtos exista o link para conhecerem a loja, foi por minha opção, e não por pedido da mesma. Não estou fazendo publicidade e nem nada parecido, só quero compartilhar com vocês tudo o que gostei ok? Então... Vamos às compras? 

1 – Post-It
Eu estou sempre precisando anotar alguma coisa às pressas, e por esse motivo comprei um bloco bem grande de post-it, mas separei as cores porque não gosto de usar uma cor de cada vez... Além disso, comprei essas etiquetas Neon para marcar os quotes que eu gostar nos livros, adquiri esse hábito recentemente.



2 – Canetas e Lápis
Estava precisando de canetas novas urgentemente, e quando vi essas lindezas da CIS, não resisti. Devo acrescentar que elas escrevem super bem, com a escrita fina, do jeito que eu gosto. Os lápis foram outro momento de compulsão, não gosto de palhaços, morro de medo, mas esse da pontinha é tão fofo né? E quem não gosta de Panda?



3 – Caderno / Agenda
Eu sempre quis ser esse tipo de pessoa que sabe usar uma agenda, e anota tudo nas datas direitinho, mas essa não sou eu. Anoto no celular, nos cadernos (principalmente) no post-it, mas nunca me lembro da agenda. Por esse motivo, esse ano resolvi adotar um caderno/agenda! Parece uma agenda, funciona como uma, mas não vou me prender as datas, e terei mais liberdade para escrever o que quiser, quando quiser... Vamos ver se vai funcionar né?




4 – Marcadores
Ai gente, eu amo de paixão meus marcadores, tenho muitos de editoras, mas ter um modelo diferente, personalizado, faz toda a diferença né? Por isso escolhi os da Mimo Marcadores esse ano, têm vários e vários modelos lindos, que agradam a todos os gostos! ♥ ♥



5 – Capa para livro
O que dizer sobre essa capa para livro MARAVILHOSA da Panda Luna? Eu entrei em contato por email, porque no site não tinha o modelo que eu queria, fui atendida super bem pela Jane, que tirou todas as minhas dúvidas, fez minha capinha do jeitinho que eu queria, e ainda cheia de mimos (tem mais fotos no Instagram). Super-recomendo o trabalho deles, é maravilhoso! ♥ ♥






6 – Clips
Outro hábito que adquiri recentemente foi o de colocar clips em tudo. E já que é assim, porque não escolher os mais lindos, não é mesmo?


7 – Carimbo Personalizado
E por último, mas não menos importante... Meu carimbo personalizado! ♥ ♥ Já vi muitos carimbos assim na Internet, e gente que cobra absurdos para decorá-los, mas o meu fui eu mesma quem mandei fazer. Agora posso carimbar todos os meus livros como pertencentes a minha biblioteca!




Bem pessoal, esses foram os meus itens de papelaria que me acompanharão ao longo do ano de 2016. Espero que tenham gostado do post, mesmo fugindo um pouquinho a regra...

Beijos e até a próxima! 


[Resenha]: A Morte de Sarai - J. A. Redmerski


Título: A Morte de Sarai
Autor(a): J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Ano de lançamento: 2015

Sinopse: "Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte.
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Em A Morte de Sarai, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.


A sinopse desse livro é bem explicativa não acham? Por esse motivo, vou falar menos da história, e mais das minhas impressões. Quando vi esse livro no site do submarino, inicialmente fui fisgada pela capa. A Suma de Letras é uma das minhas editoras preferidas, e sempre acho as capas maravilhosas! Amei de verdade, dá um tom de mistério, suspense, mas ao mesmo tempo, pela sinopse, parece haver um romance... Como lidar? 

Sarai é uma personagem maravilhosa!  Forte, decidida, apesar de todas as coisas horríveis pelas quais passou, que deixaram marcas profundas principalmente no seu psicológico, ela consegue ser cativante, não tem vergonha de mostrar o que sente e lutar pelo que quer. Ela viu uma oportunidade e agiu, e mesmo com todas as dificuldades que surgiram, ela não desistiu de buscar a sua liberdade, e durante todo o livro torci muito para que ela conseguisse não só a sua liberdade, mas também a sua vingança.

Victor é outro personagem  que eu gostei muito. Ele foi treinado para ser um assassino desde criança, e em momento algum ele perde a "pose". Fiquei até com dó da Sarai em algumas partes, ela faz de tudo pra seduzir ele, em momentos de desespero, até oferece o próprio corpo em troca de ajuda (uma triste realidade a qual ela estava acostumada no cartel) mas ele se mantem firme, age como se ela não fosse nada e não sentisse nenhuma atração, mas nós sabemos que ele sente sim haha 


“— Sarai, escute com atenção — diz ele. — Se escolher ir comigo, saiba que pode morrer. Vou fazer todo o possível para manter você a salvo, mas isso não é uma garantia. Por mais que você confie em mim, nunca, sob qualquer circunstância, deve confiar totalmente em alguém. No final, você só pode confiar em si mesma. Eu não sou seu herói. Não sou sua alma gêmea que jamais deixará que algo de ruim lhe aconteça. Sempre confie em seus instintos primeiro e em mim por último.”

Sarai se apega a Victor como um bote salva-vidas. Ele é a sua liberdade, e ao mesmo tempo a única pessoa que realmente se importou e quis ajudá-la a ponto de arriscar a própria vida. Já Victor, apesar de toda a pose de homem mau, faz de tudo para manter Sarai em segurança, o que na cabeça dele, quer dizer "Perto de mim". Ele vive dizendo que vai deixar ela a própria sorte ou então matá-la, mas nunca faz nenhuma das duas coisas!

O livro é uma mistura de gêneros que causa uma explosão de sensações! Temos muitas cenas de ação, com tiros, mortes e assassinatos a sangue frio, sentimos o medo e a apreensão da Sarai na pele, mas também torcemos muito nas cenas de "romance". É um frenesi tão grande que tinha que tomar folego entre as cenas, era uma bomba atrás da outra! A trama é narrada tanto pelo ponto de vista da Sarai quanto pelo do Victor, o que nos da uma compreensão melhor dos fatos e de algumas situações. A autora não pecou em nada gente, fiquei estarrecida com o livro.

O segundo volume da série já foi lançado aqui no Brasil, e estou louca para adquirir logo, mas como fiz a promessa dos não lidos (veja aqui) estou torcendo pra ganhar o bendito! O livro se chama O Retorno de Izabel, e vou dar um spolier bem pequeno do porque, só pra deixar vocês mais interessados!


"Não sou mais Sarai. Hoje sou Izabel Seyfried, 20 anos, de San Antonio, Texas." 
A série Na Companhia de Assassinos é composta por 5 livros: A Morte de Sarai (Killing Sarai), O Retorno de Izabel (Reviving Izabel), The Swan And The Jackal, Seeds of Iniquity e The Black Wolf (lançado nos EUA em 2015). Nem preciso dizer o quanto estou ansiosa para ter todos os volumes lançados no Brasil né?





Bem, essa foi a minha segunda leitura do ano pessoal, e até agora só tive leituras maravilhosas! Se quiserem ter uma "provinha" do livro, a Editora Suma de Letras disponibilizou um trecho em PDF, basta clicar aqui. Espero que tenham gostado e até a próxima!  ♥ ♥ ♥


© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger