[RESENHA]: Caçadora de Estrelas - Raiza Varella






Título: Caçadora de Estrelas
Autor: Raiza Varella
Páginas: 544.
Editora: Publicação Independente
Ano de Publicação: 2016
Compare e compre: Amazon 

Sinopse: “Após flagrar o seu atual namorado com outro cara - não, você não leu errado - e constatar que o safado tinha um gosto para homens até melhor do que o seu, Eva se arrepende por ter abandonado a família, o gato, o emprego, os amigos e até e o país para segui-lo e decide que é hora de voltar para a casa, com o rabo entre as pernas, um mau humor feroz e sem um tostão no bolso. Mas ao contrário do que imaginou não é recebida com faixas e balões, muito menos com boas-vindas e sim com mais e mais azar - como se não bastasse todas as vezes em que foi traída, abandonada pelo circo ou roubada por alguma estrela errada -, seu irmão acabou com seu carro novo, seu pai se casou, ela ganhou duas quase irmãs indesejadas, seu melhor amigo roubou seu gato e ainda de quebra arrumou uma namorada.E mbora a vida em casa não esteja como deixou, Eva é obrigada a seguir em frente e lidar com a situação como uma mulher adulta. O que em seu dicionário quer dizer se embebedar, distribuir socos e grosserias a quem quer que esteja ao seu alcance e recuperar seu gato - a qualquer custo -, nem que para isso precise roubá-lo de volta. O que desconhece é que o destino iria lhe preparar uma surpresa, lhe oferecendo algo que não poderia ter, um amor proibido. Será ela corajosa o suficiente para lidar com mais um coração partido, mesmo que seja pela estrela mais brilhante do céu?”

Essa talvez seja a resenha mais difícil que eu já fiz em toda a minha vida, e também a mais pessoal. Isso devido a profundidade do livro Caçadora de Estrelas, e como ele me tocou, abriu e fechou feridas, fez eu me identificar com cada linha, amar e odiar os personagens, torcer por um final feliz. Preparem-se amigos, pois vocês vão conhecer um pouquinho mais sobre mim, e com certeza também vão se apaixonar por Caçadora de Estrelas, assim como eu me apaixonei.

Em fevereiro deste ano terminei um relacionamento de 4 anos. Estava noiva, havia comprado um apartamento a dois meses, organizando o casamento... E de uma hora para a outra tudo acaba, eu estava sendo traída, e na mesma semana o indivíduo que eu chamo de Falecido assumiu a outra, foi morar com ela, e ainda levou a metade do meu enxoval. Tive que destratar a compra do AP, perdi o dinheiro da entrada, e na mesma semana recebo a notícia de que a minha empresa vai fechar em no máximo 1 mês, e portanto vou ficar desempregada. Além, recebo a notícia de que precisarei fazer 10 matérias no atual semestre da faculdade (que era o último)para concluir o curso, ou eu só poderia colar grau no semestre seguinte, e detalhe, eu não teria a minha bolsa nesse semestre extra. Tudo de uma vez, praticamente na mesma semana. Imaginem o meu desespero! Não foi fácil gente, tive que ter muita Fé em Deus e contar muito com o apoio da minha família e amigos, para passar por todas essas situações... E só pra constar, eu passei! Estou em um emprego melhor, sou Bacharel em Administração de Empresas, emagreci 3 quilos e me sinto linda e feliz haha.

Agora voltando a nossa resenha, imaginem uma Ana com toda essa bagagem emocional, começando a ler Caçadora de Estrelas e encontrado a Eva, uma mulher que sempre teve o sonho de encontrar a sua estrela, e, no entanto, e traída pelo namorado, perde todo o seu dinheiro, o carro, o gato, não tem emprego, seu pai se casa, seu melhor amigo arruma uma namorada, e ainda ganha duas meias-irmãs que definitivamente não esperava. Como eu me identifiquei com a situação gente!

Eva é uma personagem extremamente egoísta, que pensa muito em si mesma e acredita que o mundo gira ao seu redor. Ou todos estão com ela ou todos contra ela (na verdade, ela sempre acha que estão todos sempre contra ela haha) e isso a torna uma pessoa muito difícil de lidar. Só o Gabs pra ter paciência viu!? Eu entendo que muito do que a Eva é, é resultado da forma como ela sempre foi tratada por todos; até certo ponto sempre deram tudo e passaram a mão na cabeça, de repente, mudam o tratamento completamente, e esperam que ela lide bem com isso? É complicado né? Eva tem muito o que aprender até se tornar alguém suportável, e a vida ensina tudo a ela da pior maneira possível, através da dor.



Caçadora de Estrelas é um livro que começa te arrancando risos, e termina arrancando lágrimas. A carga emocional é muito forte, e nos faz repensar vários aspectos da nossa vida. Quantas vezes deixamos passar coisas pequenas, por não dar à atenção necessária as outras pessoas? Quantas vezes pensamos apenas em nós mesmos, e não nos outros? Quantas atitudes egoístas temos na vida, e muitas vezes nem percebemos?

Todos os personagens têm algo a acrescentar na história, e são muito bem construídos e importantes para o todo. O Gabriel é um amor só, ganhou meu coração logo nas primeiras páginas, e depois destruiu ele (de uma forma positiva) com toda a sua generosidade e abdicação. Como sempre, a Raiza cria homens maravilhosos, que fazem a gente suspirar e querer que eles saiam das páginas e venham nos abraçar! (e como eu queria abraçar o Gabs...). O Benjamin chega para bagunçar tudo, principalmente o coração da Eva. Confesso que de cara eu gostei dele (to me saindo uma periguete literária mesmo), e mesmo percebendo toda a confusão que ele ia causar, eu quis isso mesmo assim.

Desde sempre a Raiza nos disse que Caçadora de Estrelas seria um livro sobre egoísmo, aprendizado e amadurecimento, mas nunca imaginei o quanto esse livro iria me tocar, e até mesmo me ensinar. Por vezes na minha história (que já contei pra vocês) me senti como a Eva, sozinha, achando que nada nunca ia dar certo, que o mundo inteiro estava contra mim. E perceber o quanto a Eva aprendeu e amadureceu, me fez perceber todas essas mudanças em mim também. Mesmo que ao ler esse livro, eu tenha revivido momentos bem ruins do meu ano, também pude perceber quantas coisas boas aconteceram, quantas mudanças positivas, e eu só precisei estar aberta a elas.

De todos os livros da Raiza, Caçadora de Estrelas com certeza será o meu preferido por toda vida, por ter uma história tão real e significativa, por mostrar o amor de uma forma tão bela, presente até mesmo nas atitudes que nós nem imaginamos.

Preparem os lencinhos amigos, sei que todos vão rir muito, mas também chorar e se emocionar com Caçadora de Estrelas, assim como eu. E Raiza, muito obrigada por mais uma história tão linda, e por me mostrar que as vezes precisamos perder algumas coisas, para receber outras muito melhores <3

Espero que tenham gostado da resenha gente, e me perdoem se falei demais sobre mim, me envolvi muito com a história... Mas foi um presente pra mim, e espero que seja para vocês também!


Beijos e até a próxima!

[Resenha]: O Livro de Memórias - Lara Avery


Resultado de imagem para o livro de memorias


Título: O Livro de Memórias
Autor: Lara Avery
Páginas: 352
Selo: Seguinte
Ano de Publicação:  2016
 
Sinopse: Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para que posteriormente ela mesma possa ler e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava. 


O livro de memórias conta a história de Samantha Agatha McCoy, uma jovem que mora em uma cidade pequena no norte dos Estados Unidos e que sonha grande. Membro do clube de debate e Oradora da turma, Sammie deseja destacar-se academicamente, ir para NYU – faculdade de Nova Iorque, morar na cidade grande e posteriormente cursar direito em Harvard. Mas todo seu futuro metodicamente planejado sofre uma reviravolta quando ela é diagnosticada com NP-C (Niemann-Pick tipo C), uma doença genética degenerativa incomum para sua idade. Seus músculos e órgãos irão ficar fracos, mas os graves sintomas que a preocupam são a demência e a perda de memória.


“As limitações físicas não a impediriam de ser uma grande intelectual, mas não ter o controle do próprio cérebro é seu pior pesadelo”



Com isso, ela elabora uma alternativa para driblar os sintomas da doença com a finalidade de alcançar suas metas e ir para faculdade, e assim começa a escrever em seu notebook todas as lembranças essenciais para que no futuro, possa se manter fiel aos seus objetivos. Logo, o livro de memórias vai sendo construído com elementos do seu dia-a-dia, seu diário se compõe com cada vez mais com capítulos sobre sua família, sua amiga Maddie, Stuart – sua paixão, e Cooper – seu amigo de infância que reaparece. Nesse desenrolar você vai se emocionando e Sammie vai se redescobrindo.


“Sam do Futuro, eu tinha começado a ficar acordada à noite, pensando nas nossas conversas, rindo sozinha das coisas que Stuart tinha dito e lembrando daquela sensação de pequena explosão que eu sentia sempre que o fazia rir. Mas, desde a conversa com a Maddie, fiquei me perguntando se não tinha simplesmente dado muita importância para as horas que passamos no gramado da Dartmouth, jogando ideias para o alto, tirando palavras da boca um do outro.”
 Página 161




Samantha que começa com características de uma garota fria, inteligente, disciplinada e de beleza pouco convencional, aos poucos com sua atual condição começa a se arriscar mais, ter mais atitude, fazer coisas diferentes e a se abrir mais. Portanto à medida que você vai lendo vai conhecendo uma nova Sam.


“Como um corpo pode conter tantas pessoas diferentes?”
Página 298

Quem narra à história é a própria Samantha, mas há interação de outros personagens na narrativa. Esses são bem caracterizados, a autora conseguiu aproveitar bem tudo, o que faz com que a história seja mais dinâmica e rica, assim não fica uma leitura cansativa.


Achei o livro super interessante da capa aos agradecimentos, Lara foi muito feliz na forma em como construiu o livro. Características, como a ausência de títulos em alguns capítulos, a mudança da fonte de escrita e parênteses com observações de Sammie, deixa o livro íntimo e muito parecido com um diário – cumprindo a intenção da autora. Esses aspectos fazem com que o leitor entre mais profundamente na história, como se ela ganhasse vida, uma hora se sentindo a Sammie do presente e outra se sentindo a Sam do Futuro.

                                      


Essa história atingiu meu coração com toda a força, não e só porque eu gosto desse gênero, e sim, porque Lara Avery foi sensacional na forma em como constituiu essa obra. Ela faz Samantha como uma pessoa forte e madura e ao mesmo tempo com todas as inseguranças de uma menina da sua idade. O foco da narrativa não fica só na doença ela trata de tudo e de fora bem leve, com isso a leitura não fica pesada por causa da enfermidade da protagonista.
Toda essa obra de superação, aprendizado, redescoberta e amor, tornam O Livro de Memórias uma obra linda e deliciosa que vale muito a pena ser lida.




“Minha memória preferida é este livro inteiro porque ele é você...”

[RESENHA]: Quero Você Para Sempre... - Ana Cleide da Silva



Título: Quero Você Para Sempre...
Autor: Ana Cleide da Silva
Páginas: 74
Editora: Autografia
Ano de Publicação:  2016
Compare e compre: Autografia |Cultura

Sinopse: “Ana Beatriz tem 25 anos de idade e mora com sua mãe. Apesar de ter muitos amigos, ela vive meio triste por não ter um amor. Certo dia, mesmo tendo tudo contra a ela ir a um show com suas amigas, ela acaba indo e lá conhece o seu futuro amor, um amor inesperado, um dançarino com 30 anos de idade chamado Filipe. Eles começam um relacionamento, que no começo tudo parecia que ia dar certo, porém acabam passando por vários conflitos, que até os fazem se afastarem.
Mas será que eles irão agüentar as tempestades, pelas quais estão passando? Será que o amor vai falar mais alto, e eles irão realmente ficar juntos?”

Olá gente, tudo bem com vocês? A resenha de hoje é de um livro que com poucas páginas conseguiu ganhar o meu amor. Vocês sabem o quanto eu sou fã de romances né? E os nacionais ainda têm um lugarzinho especial no meu coração!

Quero Você Para Sempre conta a história de Beatriz, um mulher de 25 anos que mora com sua mãe, e tem uma vida comum, e Filipe, um dançarino de 30 anos lindo maravilhoso! Os dois se conhecem por acaso em uma festa, e acabam se interessando um pelo outro. A partir daí, vamos acompanhando a história dos dois, e a tentativa de ficarem juntos. Uma certa pessoa me disse uma vez que “amores de baladas não duram”. Será que isso é verdade?

Ana Cleide conseguiu narrar vários acontecimentos em uma história curta e direta; somos apresentados a muitos personagens e por um momento isso me confundiu, são dados muitos detalhes sobre aparência, personalidade, mas isso não prejudicou a minha leitura. Beatriz é uma personagem fofa, com todas as inseguranças e ciúmes de qualquer mulher da sua idade (confesso que eu com um Filipe desses também morreria de ciúmes hahaha). Filipe é um príncipe de contos de fadas, atencioso, carinhoso, faz a gente suspirar desde as primeiras páginas.

A história de Beatriz e Filipe é comum e por isso fácil de se identificar. Todos nós já passamos por alguma situação parecida, seja de desencontros, ciúmes, insegurança. Em alguns momentos tive vontade entrar no livro e dar um “sacode” na Beatriz, fazer ela acordar pra vida, aparecer de verdade, mas com o tempo a história foi se encaixando, e não teve como não torcer pelo casal.


A história é narrada em primeira pessoa pela própria Beatriz, que descreve com muitos detalhes lugares, roupas, situações. Em alguns momentos senti falta de saber a opinião do Filipe, sua visão dos fatos, acho que seria algo a acrescentar a história. A passagem de tempo foi algo que de início me confundiu um pouco, não sabia se haviam passado dias ou semanas entre um evento e outro, mas acabei pegando o ritmo, e mais uma vez não foi algo que prejudicasse a leitura.

No todo, Quero Você Para Sempre é uma romance gostoso de ler, e fácil de se identificar. Todos os personagens são cativantes, e tem o seu papel na história. A diagramação do livro está perfeita, e eu amei a capa! <3

Desejo muito sucesso a autora em sua caminhada, e espero que vocês tenham gostado da resenha! Beijos e até a próxima!

[SORTEIO]: NATAL LITERÁRIO BLOGS AMIGOS

Oi Amigos, tudo bem com vocês? Deixa eu contar uma novidade: Eu arrumei um emprego! Aleluia! Por esse motivo os posts aqui no blog não estão tão freqüentes, e nem tenho visitado os blogs amigos que eu amo tanto, mas é só o tempo de eu me reorganizar, e tudo volta ser como era antes ok?

AGORA, vamos falar de coisas melhores ainda?! Está no ar o SORTEIO DE NATAL dos blogs amigos! O Natal é a minha época preferida do ano, tem um significado religioso muito especial, e também desperta em mim as melhores sensações de união, amizade, amor. Trás as reuniões de família (e eu amo as da minha), as trocas de presentes, as comidas deliciosas e as decorações maravilhosas! Enfim, NATAL e tempo de confraternização, de gratidão.

E que forma melhor de comemorar essa data tão especial, do que com um mega sorteio em parceria com vários blogs maravilhosos?! Serão 3 kits super recheados, com livros para todos os gostos!

Bora conferir as regras e quem sabe garantir um mega presente de NATAL?

[SORTEIO] Grande Sorteio de NATAL!



O NATAL, independente do significado religioso, é uma festa de esperança, de renovação, de reafirmação de nossas promessas, de nossos sonhos, de nosso amor ao próximo, de confraternização. Nós aqui do GETTUB, e dos BLOGS PARCEIROS, para demonstrar o apreço e gratidão que temos com nossos leitores, juntamos TRÊS PRÊMIOS para sortear para vocês. Então, acesse logo o restante do post e veja como concorrer ;)

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger