[Momento de Reflexão] Atrás da Porta - Ruth Rocha

 

Dias atrás pensando no que eu escreveria na minha primeira publicação do blog percorri por vários sites e autores, pesquisei sobre Ziraldo, Monteiro Lobato, Cecília Meireles, entre outros grandes e fantásticos autores. Mas não tinha encontrado o que realmente queria escrever, já tinha feito váriiiassss laudas, mas ainda não era aquilo.

Então, fui à minha antiga casa (antes de me casar), na casa da minha mãe, comecei a “futucar” minhas gavetas e armários, e...

- Encontreeeeiiiiii mãeee!!!! 
- O que fia, o que você achou de tão importante? 
- O livro certo, este livro aqui, é sobre ele que vou escrever no blog. Mãe a senhora se lembra desse livro? Era do Tonton e eu li todinho, eu amava!!!

O livro se chama "Atrás da Porta" de Ruth Rocha, foi a historinha mais feliz que já li, e hoje é o que precisamos para nossas crianças. Nele é contada a historia de uma biblioteca escondida atrás de uma porta misteriosa, na casa de Dona Carlotinha de Araújo Cintra, avó de Carlinhos; ela já se foi, mas era daquelas que leem, contam historias, inventam historias lindas e mirabolantes.

O menino Carlinhos todas as noites depois do descobrimento da porta escondida, ia lá ao seu lugarzinho secreto para ler, brincar, imaginar e sonhar com aventuras escondidas nas linhas e versos de tantos belos livros. Certo dia ele não conseguiu mais guardar segredo e contou para seu melhor amigo João e combinaram de ir juntos a biblioteca; acontece que João contou para sua Irmã Tuca e loucos para conhecer a misteriosa sala, foram lá com Carlinhos. No dia seguinte Tuca levou sua prima Julinha, “e a Julinha levou o Marcelo e o Marcelo trouxe o Cláudio, o Cláudio trouxe o Miguel e o Miguel..."

"Cada um trazia sua própria vela para poder ver os livros, ler a vontade e brincar com as mil coisas interessantes que todos os dias eles descobriam".

Logo a sala estava cheia de crianças lendo e se divertindo, descobrindo historias e mares de estrelas cintilantes. Os vizinhos começaram a desconfiar e achar que havia fantasmas rondando por todas as partes, as velas tremiam e era realmente muito estranho, “uma casa que estava sempre vazia agora iluminada”?

"- São fantasmas, sim senhor! Já vi cada sombra enorme lá dentro. Cruz Credo! 
E seu Benicio de Carvalho Pinto, que sofria de insônia e andava pela cidade a noite toda, confirmava: - Fantasmas! Dos bons! Eu é que não passo mais pela pracinha!"

Os pais do Carlinhos, dona Joana e seu Antônio ouviram falar dos fantasmas e como não acreditavam nestas coisas nem deram bola, até que certa noite dona Joana se levantou para tomar água e viu todas aquelas crianças subindo as escadas rumo ao quanto de Dona Carlotinha e as seguiu junto a seu Antônio.

Quando entraram, deram de cara com todas aquelas crianças penduradas nas estantes, deitadas nas poltronas e tapetes, pijamas de todas as cores, várias velas espalhadas.

Os pais de Carlinhos adoraram ver todas as crianças lendo e os perguntou porque não liam de dia; Carlinhos explicou, achando que não seria correto estarem ali. Seus pais gostaram tanto daquela surpresa que no dia seguinte Joana e Antônio foram na escola que dava de parede com o quarto de dona Carlotinha e reabriram a biblioteca para todas as crianças lerem e se divertirem.

Desta forma as crianças podiam andar pela biblioteca, ver todos os livros, todos os dias da semana podiam estar ali, às vezes à noite, e toda a cidade podia desfrutar daquela beleza. Aos poucos os livros foram aumentando e sendo trocados e mais e mais conhecimento estava ali na palma das mãos, nas prateleiras e estantes.

Hoje papais e mamães vamos mostrar bibliotecas para nossas crianças, para nossos jovens. Sair um pouquinho de frente da televisão e estar de coração aberto para um mundo que só quem se dispõe a conhecer poderá saber, a magia que é ler !!!

Título: Atrás da Porta
Autor: Ruth Rocha
Editora: Salamandra
Páginas: 32
Sinopse: “A passagem secreta de uma velha casa vai causar muito mais surpresa do que se poderia imaginar. Aquela não era uma porta qualquer, era uma abertura para um mundo repleto de viagens inesquecíveis!
O que tem atrás da porta secreta?O que leva Carlinhos e seus amigos à atravessarem a passagem misteriosa todas as noites?Como é que se pode viajar sem sair de casa?Ruth Rocha nos convida a acompanhar uma turma de crianças na descoberta do mundo maravilhoso em que ela é mestra, e chama outros escritores para fazerem uma grande festa que celebra o gosto e a paixão pela leitura.”
 

[LISTA DE DESEJOS]: Nacionais Que Eu Quero Muito!





Olá pessoal, tudo bem com vocês? O post de hoje é para mostrar a vocês, um pedacinho bem pequenininho da minha enorme lista de livros desejados! Estava organizando meu Skoob (vejam aqui) e as minhas listas no site do Amazon (“Listas” no plural, porque eu tenho uma para volumes únicos nacionais, uma para volumes únicos estrangeiros, uma para séries nacionais, e uma para séries estrangeiras kkk) e tenho procurado dar prioridade aos Nacionais.

Como já mencionei por aqui, tenho um projeto pessoal de ler no mínino 20 nacionais esse ano (até o momento foram 9 livros e 1 conto), e tenho procurando conhecer novos autores, adquirir novos livros, valorizar e a nossa cultura né? Temos histórias maravilhosas tão pouco conhecidas! Vale a pena buscar conhecer mais as obras nacionais.

Aqui temos livros de todos os gêneros, e nem todos são lançamentos não, tem livrinhos aqui beeeem antigos, mas que faço questão de ter. São livros que chamaram a minha atenção por sua sinopse, por conhecer outras obras do autor, e, confesso, pelas capas haha. Vamos a lista:



Encantada Por Você – A. C. Meyer (Editora Universo dos Livros)
Sinopse: “O que acontece quando você se apaixona pelo guitarrista mais assediado e garanhão do momento? Essa é a história apaixonante e encantadora que fecha a série After Dark com chave de ouro. Nos três primeiros livros da série, conhecemos os fascinantes encontros e desencontros dos casais Daniel e Julie, Zach e Johanna, e Rafe e a doutora Jenny. Mas faltava ainda um par nessa grande família. Alan é um rockstar com um passado que preferia esquecer, e que o fez prometer a si mesmo não mais se envolver profundamente com ninguém além de seu irmão Jude. Livy, uma garota do interior em meio à cidade grande, caiu no charme de Alan uma vez, mas recuou quando percebeu que ele não buscava nada além de diversão. Só há um problema, porém: nenhum dos dois consegue parar de pensar no outro. O que só fica mais forte quando Livy é escalada para uma difícil missão: acompanhar a turnê da The Band para tentar colocar um pouco de juízo na cabeça dos músicos fascinados pela vida boêmia da estrada. Será que Alan conseguirá vencer seu trauma, de maneira a vivenciar um sentimento que jamais nutriu por uma mulher, ou vai preferir continuar sua fuga eterna em noites de prazer infindável e fútil? E Livy, conseguirá superar o desapontamento com a sedução vazia de Alan e cuidar das profundas feridas remanescentes de seu passado?”


O Vilarejo – Raphael Montes (Editora Suma de Letras)
Sinopse: “Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.”



O Amor Nos Tempos do Ouro – Marina Carvalho (Editora GloboAlt)
Sinopse: “Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino.” 


Os Invernos da Ilha – Rodrigo Duarte Garcia (Editora Record)
Sinopse: “Os invernos da ilha é um livro de aventura, como não há no Brasil, que reúne um herói atormentado (e logo apaixonado), uma ilha fria e hostil escolhida como exílio (num convento misterioso), a descoberta de um diário de piratas (e, assim, a reconstrução de uma incrível história de corsários) e a busca por um tesouro escondido. Como diz Martim Vasques da Cunha no texto de orelha: “Rodrigo já pertence à categoria dos mestres. Os invernos da ilha costura Wallace Stevens, Melville, Conrad, Patrick O’Brien, os filmes de Indiana Jones, Os Goonies – sobrando até mesmo para o compositor Rachmaninoff –, com tamanha habilidade, que o leitor ficará atônito ao perceber que, no meio disto tudo, há a alegria de narrar uma verdadeira história”.


O Homem Perfeito – Vanessa Bosso (Editora Novas Páginas)
Sinopse: “Melina teve alguns relacionamentos ruins, outros péssimos. Mesmo assim, ela não desiste: um dia ainda vai encontrar alguém que a complete e que entenda algumas manias fofas que ela tem como comprar mais sapatos do que pode guardar ou tomar uma multa ou outra por excesso de velocidade. Ela faz a sua parte escrevendo um pedido ao universo, no qual descreve esse ser incrível nos mínimos detalhes. Agora é só esperar, certo? Melina não imagina, porém, que esse presente dos céus já existe, mas foi parar nos braços de uma mulher in-su-por-tá-vel. O que fazer quando o des tino insiste em brincar com a sua paciência?”



A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr (Editora Verus)
Sinopse: “Há muitos e muitos anos, tantos quanto o número de estrelas no céu, o paraíso celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o Dia do Juízo Final. Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas. Único sobrevivente do expurgo, Ablon, o líder dos renegados, é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na Batalha do Armagedon, o embate final entre o céu e o inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro da humanidade. Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano, das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval, A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana - é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, repleto de lutas heroicas, magia, romance e suspense.

Para Continuar – Felipe Colbert Editora Novas Páginas)    Sinopse: “Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa de um coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.  A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.  O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.”


A Marca de Uma Lágrima – Pedro Bandeira (Editora Moderna)

 Sinopse: “Isabel se acha feia. Será mesmo? Ou somente ela acha isso? Escreve cartas e versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. Por causa da beleza e da verdade de suas cartas, Cristiano mais se apaixona por Rosana e mais aumenta a desesperança de Isabel. Sua situação agrava-se ainda mais com a morte da diretora da escola, pois a jovem é testemunha de que aquele aparente suicídio seria na verdade um bárbaro assassinato.”






Por Um Toque de Ouro –  Carolina Munhóz (Editora Rocco)
Sinopse: ”Depois do bem-sucedido O reino das vozes que não se calam, criado em parceria com a atriz Sophia Abrahão, a escritora Carolina Munhóz estreia em vôo solo na Rocco com “Por um toque de ouro”, o primeiro volume de uma série inspirada pelas lendas irlandesas cuja trama tem início no St. Patrick’s Day, o mais importante e celebrado feriado do país. Mistura de fantasia e chick lit, o romance é ambientado na Dublin contemporânea e protagonizado por uma jovem ligada ao mundo fashion que descobre ser herdeira de uma rara linhagem Leprechaun, o que a ajuda a ter sucesso em tudo o que faz, mas também a faz correr constante perigo, já que muitas pessoas têm interesse em se apoderar de seus dons.”

O Garoto Que Eu Abandonei – Raiza Varela (Editora Pandorga)
Sinopse: “O que você perdoaria por amor?Em O Garoto que eu Abandonei vamos conhecer a história do último encantado dos irmãos Bittencourt. Gustavo mantinha uma namorada secreta a meses com medo da reação de sua família e principalmente de Bárbara, sua irmã caçula, afinal ele sabia que ela não aceitaria facilmente esse relacionamento por ter um passado com a mulher que ele acredita amar. Quando o segredo vem à tona ele decide se casar com a moça doa a que doer, lançando ao vento um desafio tentador a Bárbara: Afundar o casamento a qualquer custo, mesmo para que para isso ela precisasse colocar o seu felizes para sempre com um certo garoto dos olhos azuis em risco! A solução? Recorrer a uma misteriosa mulher do passado do irmão. Ela não sabe nada sobre a moça misteriosa, a não ser que ela partiu o coração de Gustavo em um milhão de pedacinhos depois o abandonou. Se ele a amou ao ponto de escondê-la de todos será que ficaria balançado se a visse novamente? Bárbara acredita que vale a pena tentar, afinal a ruiva com os olhos cinzentos e infelizes parece ser sua última e única opção. O que ela não imaginava é que a história dos dois é mais profunda do que se deixa transparecer. Marcela é morta por dentro. Uma detetive particular de humor ácido que não tem papas na língua, pesa mais do que gostaria, e guarda dentro do peito uma dor feroz e uma saudade absurda após perder toda a família em um acidente de carro, também é a Branca de Neve de um certo príncipe encantado. Será que ela será a arma certa para impedir o noivo de chegar ao altar? Em meio a encontros e desencontros, um passado secreto, muitas mentiras e uma maça envenenada poderá existir um final feliz?”

Pois bem pessoal, esses são alguns dos meus milhões de desejados! Já leram algum? Gostaram? Me contem suas experiências! E só pra lembrar, meu aniversário é em novembro ok? Haha

Espero que tenham gostado do post, beijos e até a próxima!

[RESENHA]: Crônicas do Mundo Emerso 1,2 e 3 - Licia Troisi

Título: Crônicas do Mundo Emerso: 1,2 e 3
Autor: Licia Troisi
Editora: Rocco
Páginas: vol1: 318 / vol2: 334 / vol3: 423 

Sinopse vol1:  Criada por um armeiro e envolta pelo mistério de nunca ter conhecido sua mãe, Nihal vive na Terra do Vento e passa seus dias brincando de fazer guerra com um grupo de amigos. A vida da jovem muda quando a torre onde vive é invadida e ela presencia a morte de Livon, o homem que a criou e que tanto amou. Disposta a vingar o extermínio de seu povo e a proteger os inocentes das tropas do tirano, Nihal decide tornar-se uma guerreira de verdade. 


 Sinopse vol2: Não resta muito tempo para salvar o Mundo Emerso do avanço do Tirano e de seu exército de monstros criados através de magia. Cada vez mais novas cidades são conquistadas pelo inimigo. As Terras Livres estão sendo rapidamente vencidas. O medo e a incerteza dominam os corações de todos.






Sinopse vol3: Enquanto o exército das Terras ainda livres do poder do Tirano é aniquilado pelo avanço das tropas inimigas e pelas assustadoras unidades formadas por fantasmas, Nihal, semi-elfo do Mundo Emerso, viaja e companhia do mago Senar para cumprir uma missão desesperada: recuperar as oito pedras de um talismã cujo poder infinito pôr finalmente termo à guerra. Cada uma das oito Terras do Mundo Emerso guarda um santuário perdido uma das pedras dedicadas aos Espíritos da natureza: Água, Luz, Mar, Tempo, Fogo, Terra, Escuridão e Ar. Se Nihal conseguir encontrar os oitos santuários e juntar as pedras do talismã poderá reunir as forças de todos os espíritos e tornar nula qualquer outra forma de magia, inclusive as terríveis armas do Tirano. 

Olá amores! Demorei, mas cheguei! HAHA

Minha primeira resenha aqui no entre páginas, estou muitíssimo empolgada para compartilhar essa história maravilhosa que eu estou simplesmente A-PAI-XO-NA-DA!

Vou passar pra vocês minha impressão e experiência sobre os livros e o que absorvi com cada personagem, pois a intenção é instigar vocês a conhecer e a ler, e não a dar Spoiller! rsrs

As crônicas do mundo emerso são do tipo de história que faz com que você sinta a emoção de lê-la a cada virada de página. Traz a sensação de viajar em um mundo singular e repleto de fantasia e seres interessantíssimos descritos pela autora em cada linha. 
A forma de escrita da autora e bem sucinta  e simples, descreve seus ambientes de forma a deixar que o leitor arquitete todo o conjunto a seu modo.
As terras mágicas que percorremos me deixaram deslumbrada com a sua riqueza de detalhes e individualidade. Cada terra é representada por um elemento da natureza e que em dado momento, seus espíritos se uniram para a salvação do mundo (não resisti, rsrs).  São elas:

Terra do Sol
Terra da Noite
Terra do Fogo
Terra da Água
Terra do Mar
Terra dos Dias
Terra dos Rochedos
Terra do Vento
Grande Terra.

E não poderia esquecer também do Mundo Submerso, onde conhecemos Zalênia, uma cidade de baixo da água com sua estrutura e porte físico imensuravelmente belo. Confesso que foi deslumbrante ler sobre ela e imaginar como tudo aquilo deveria ser majestoso visto aos olhos.
O mal é descrito como Tirano, um ser maléfico e traiçoeiro que anseia pela regência do mundo emerso e Submerso e que, para isso , destrói sem clemencia tudo que encontra pela frente.  Seus súditos são dentre os mais destacados na história os “Fâmins”.
Conhecemos durante nossa viagem pelo Mundo Emerso, vários personagens memoráveis, entretanto vou destacar três não pela sua importância, mas pela emoção que vivi ao conhecer e acompanhar o desenrolar da trama de cada um deles durante os livros.

A primeira personagem da minha lista é a Nihal da terra do Vento galera!

 Uma garota de orelhas pontudas, cabelos azuis e olhos violeta, e o seu maior desejo era se tornar uma grande guerreira.  Nossa protagonista acima de qualquer coisa, se mostrou um exemplo de determinação e coragem do inicio ao fim.
Algumas pessoas que resenharam sobre a trilogia tiveram uma visão diferente da personalidade da Nihal, considerando-a um pouco exigente demais, mimada, e que as suas vontades vinham em primeiro lugar. Entretanto é necessário considerar que a menina tinha 15 anos de idade, seu desenvolvimento foi em meio a guerras e desordem onde não se tinha espaço para aprender as virtudes feministas e regras de boa convivência.  O caráter de Nihal foi maldado em meio ao calor das espadas, e isso logicamente, influenciou diretamente na sua personalidade.
Em vários momentos ela prova que apesar de deixar a desejar nesses quesitos, sua coragem e amizade se sobressaem não apenas por ela, mas por seus amigos também. 

Aprendemos com Nihal, a não desistir de nossos objetivos por mais difíceis e inalcançáveis que eles possam ser. Aprendemos a erguer a cabeça em meio às dificuldades, a lutar por aquilo que acreditamos e não deixar que as frustrações nos abalem.


A segunda personagem que eu escolhi foi o Laio.

Como esse garoto conquistou meu coração. Haha
O menino míudo, o aluno mais fraco da turma, era um designado a se tornar um cavaleiro de dragão pelo seu pai Pewar um general, entretanto ele não tinha a menor vocação pra isso, seu verdadeiro talento era ser escudeiro.  Nihal fez amizade com o menino na academia de cavaleiros e desde esse momento em diante não se separaram mais.
Laio sempre foi um amigo fiel e dedicado, superou todas as dificuldades que lhe fora acometidas durante sua trajetória, acompanhamos sua transição de menino para homem com um conjunto incrível de motivações. E seu final na história me fez chorar (literalmente chorar, e dentro do metrô ainda! haha) .
Pra mim foi a lição da lealdade e companheirismo mais marcante durante toda a trama.

E o terceiro personagem que não poderia deixar de citar é o nosso mestre e amigo Ido, o único representante do povo dos gnomos na Ordem dos Cavaleiros de Dragão.
Mestre de Nihal, Ido foi responsável por seu treinamento quanto a sua postura e ética durante as batalhas. Ido ensinou Nihal a controlar suas emoções, a ser calculista e agir com cautela e raciocínio. Foi quem a amparou nas suas decisões e a ajudou a superar suas dificuldades, apesar de seu passado carregar um segredo inimaginável e obscuro.


A lição que mais me marcou em Ido, foi a capacidade de superação. 
Ele passa por cima de toda a penumbra que cercava seu passado, a fim de se tornar alguém melhor, que luta pelo bem do povo, que clama pela liberdade e apoia os menos favorecidos.  Ido nos mostrou que independente de nossas escolhas mal feitas e arregradas de infelicidade, nunca é tarde demais para se arrepender e recomeçar. Todos merecem uma segunda chance... Todos merecem um recomeço.

Espero que essa resenha tenham motivado vocês a ler as Crônicas do Mundo Emerso, de fato merece muuuuuito nosso tempo e dedicação. Entrou na minha lista de séries favoritas e não foi atoa.

Um forte abraço a todos os leitores do Entre Páginas, e até a próxima resenha!

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger