[FOTO RESENHA]: Outra Página de Cada Vez - Adam J. Kurtz


Título: Outra Página de Cada Vez
Autor: Adam J. Kurtz
Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2016
Editora: Paralela
Compre Aqui: Amazon 

Sinopse: “Com muita criatividade, humor e um toque de autoajuda, o designer americano Adam J. Kurtz encantou os brasileiros com seu primeiro livro, 1 página de cada vez. Lançado em 2014, ele já vendeu mais de cem mil cópias no país. Agora Adam está de volta com Outra página de cada vez, que reúne novas atividades capazes de melhorar o nosso dia a dia de maneira lúdica.Lançando mão de novo de um traço simples e elegante, ele propõe outras brincadeiras e questionários que levam o leitor a pensar ou simplesmente levantam a nossa moral nessa época difícil. Sempre com inteligência e sensibilidade. Algumas páginas são só para ler e pensar, mas nem por isso são menos divertidas.
Como no primeiro livro, você pode fazer várias atividades de uma vez ou abrir o livro de vez em quando e brincar. Um raio de sol em tempos de trovoadas."

Oi minha gente, tudo bem com vocês? Hoje eu trouxe uma resenha diferente, de um livro diferente, que definitivamente mexeu muito comigo! Claro que estou falando de “Outra Página de Cada Vez”, meu primeiro livro interativo, e já adianto que a experiência não podia ter sido melhor.

Como já diz a “sinopse”, o objetivo do livro é despertar a criatividade, trabalhar o autoconhecimento, entreter e divertir. Também serve para dar aquele “up” no nosso dia, trazer mais leveza à nossa vida! E posso dizer que serviu bem ao propósito! Ainda não fiz todas as atividades do livro ainda (algumas eu realmente não tenho coragem de fazer hahaha) mas mesmo assim quis vir compartilhar com vocês essa experiência maravilhosa!


O livro conta com atividades, e frases motivacionais (ou só engraçadas mesmo!) e escolhi para mostrar por aqui algumas das que eu mais gostei!
OBS: Algumas fotos foram tiradas antes de realizar as atividades.




Algumas das frases preferidas!





Tem um projeto fotográfico bem bacana acontecendo no Instagram, use a #outrapagina e veja várias fotos do livro, postadas por leitores de todo lugar!


Espero que tenham gostado das fotos pessoal, beijos e até a próxima!

[RESENHA]: O Retorno de Izabel - J. A. Redmerski (Série Na Companhia de Assassinos #02)


Título: O Retorno de Izabel (Série Na Companhia de Assassinos #02)
Autor: J. A. Redmerski
Páginas: 232
Ano de Publicação: 2015
Editora: Suma de Letras
Compre Aqui: Amazon | Submarino

Sinopse: “Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado.Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la.
Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor?Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.”


Depois de um bom tempo, finalmente consegui trazer essa resenha para vocês! A série Na Companhia dos Assassinos vem ganhando (e despedaçando) mais o meu coração a cada livro, com seus personagens fortes, histórias muito bem construídas, situações inimagináveis, e um realismo incrível. O Retorno de Izabel da continuidade a história de Sarai, e se você não leu o primeiro livro, pode conferir a resenha AQUI.

OBS: Atenção, a resenha contém spoilers do livro anterior.

Após os grandes acontecimentos de “A Morte De Sarai”, encontramos a agora Izabel, vivendo sua vida normal, com pessoas normais, até mesmo um namorado normal. Mas é claro que isso não é suficiente. Sarai (/Izabel) ainda tem a necessidade de vingança, o sangue quente de lutadora (e sobrevivente) correndo nas veias, e com isso traça um plano para ir atrás de Hamburg.

Claro que com toda a sua inexperiência e falta de treinamento, os planos de Sarai dão muito errado, e quando ela pensa que não tem como sair dessa, quem aparece para salvar a sua vida? O lindo Victor Faust. (ai ai...). Apesar de muito irritado com as atitudes de Sarai, Victor percebe que o melhor seria a manter por perto, do que deixar a mercê da própria sorte, e aí começa um novo capítulo da relação dos dois, um que eu realmente não esperava.

Como disse na resenha do livro anterior, a quantidade de cenas de ação, tiros, violência e realismo contidas na obra chamou muito a minha atenção. A autora soube trabalhar bem todos os temas os tornando muito vívidos, e mesmo o romance entre Sarai e Victor não é do tipo “casal apaixonado” que estamos acostumados a ver nos livros; até o romance combina com o clima de ação, é sofrido, quente, casando muito bem com toda a obra. Acho que justamente por estar acostuma com essa narrativa, o segundo livro me pegou completamente de surpresa! Aqui o romance entre os dois foi mais explorado, encontramos um Victor disposto a tentar ter um relacionamento “normal” com Sarai, mais romântico, atencioso, e eu realmente não esperava por isso rs.



Sarai teve seus pontos altos e baixos. No início do livro, suas atitudes impulsivas e imaturas me irritaram um pouco. Mas quando Victor entra em cena as coisas começam a mudar, e podemos acompanhar o amadurecimento de Sarai. Ela fica mais “durona” começa a enxergar o todo e não só o próprio umbigo, e aí sim começa a somar na equipe de Victor.

Niklas também está presente na narrativa, assim como Fredrik Gustavsson, um personagem perturbadíssimo, sombrio e com especialidades e gostos bem peculiares. Apesar de ser muito intrigante e quase não revelar muito sobre o seu passado – que assim como o das outras personagens, não é muito colorido e feliz – achei-o muito carismático, e conseguiu me conquistar mais do que o Niklas.

A história segue a mesma linha do livro anterior, cheia de ação, como o roteiro de um filme. Todos os personagens têm papéis extremamente importantes, e no fim, conseguimos nos surpreender. O livro não é melhor que o anterior, mas soube amarrar algumas pontas soltas, e não deixou a desejar.
O próximo livro da série “O Cisne o Chacal”, é focado na a história de Fredrik Gustavsson, e em como ele se tornou uma pessoa tão perturbada com gostos tão peculiares. (OBS: Já li o livro e posso dizer que a história é surpreendente, em breve resenha!)

Os livros fazem parte da Série “Na Companhia de Assassinos” e já teve três dos cinco volumes publicados no Brasil.

Bem pessoal, espero que tenham gostado da resenha!

Beijos e até a próxima!
© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger