[RESENHA]: A Página Certa - Laplace Cavalcanti


Título: A Página Certa
Autor: Laplace Cavalcanti
Páginas: 228
Editora: Ases da Literatura
Ano de Publicação: 2014
Compare e compre: Amazon

Sinopse: “Já na idade em que as mulheres geralmente estão casadas e planejando seu primeiro filho, Cláudia relaciona isso ao insucesso de sua carreira profissional. Afinal, quem compraria romances de uma escritora fracassada no amor? Para piorar, sua editora não renovou seu contrato. Desesperada sem saber que rumo tomar, a escritora recebe uma incomum proposta de um grande empresário.
Excêntrico, dramático e mesquinho - dentre outras "qualidades" que possui -, Renato quer a ajuda de Cláudia para encontrar uma mulher para casar. Apesar de estar certo que nenhuma mulher recusaria o grande partido que ele é, por não ser nada romântico, o empresário chega à conclusão que só a escritora de romances ilusórios sobre a fantasia do amor verdadeiro - segundo ele próprio - poderá ajudá-lo. A proposta vai contra tudo o que Cláudia acredita, mas as contas estão se acumulando e seu corpo precisa mais que achocolatado e bolacha para sobreviver. Será que a escritora dará conta de cumprir esta missão quase impossível?"

Primeira resenha do ano no ar, e não podia ter escolhido melhor! A Página Certa foi um livro que me surpreendeu completamente, me fez rir muito, e sentir um orgulho enorme de nossos autores nacionais. Uma comédia romântica de primeira, com personagens muito bem construídos, cativantes, e um cenário maravilhoso! Amei que o autor soube trabalhar muito bem cada um deles, tornado todos realmente parte da história, e trazendo algo a acrescentar a mesma. De início, achamos que será mais uma comédia romântica clichê e previsível, achei até que já tinha deduzido o final antes mesmo de ler, e fui completamente enganada e surpreendida! Sem mais delongas, vamos falar sobre o livro!

Cláudia é uma escritora de romances que acredita fielmente no amor verdadeiro, no “felizes para sempre” e faz questão de escrever sobre eles, mas sua realidade não é bem assim... Sem amor, sem dinheiro, e atualmente sem emprego, uma vez que a editora não quis renovar seu contrato, Claudia se vê em uma situação desesperadora, e por mais que receba o apoio dos amigos, não sabe o que vai fazer para sobreviver.

Renato é herdeiro de uma grande empresa e de um dos restaurantes mais chiques do Nordeste, e também uma pessoa desagradável, mesquinha, que só pensa em si mesma e não demonstra empatia por ninguém, exceto talvez por Marcos, seu motorista e amigo de infância, e pelas pessoas que trabalham em sua casa. Fora isso, todos os outros são descartáveis e sem valor. Fora isso, Renato também não acredita no amor, e se acha tão irresistível ao ponto de afirmar que qualquer mulher se casaria com ele. Marcos afirma que Renato não encontraria uma mulher disposta a isso, e Renato toma isso como um desafio pessoal.

Certo dia, de forma desastrosa, os caminho de Cláudia, Marcos e Renato se cruzam, e Renato logo pensa: Quem melhor para ajudá-lo a encontrar uma esposa, do que uma escritora de romances que acredita piamente no amor? O problema é que Renato é uma pessoa insuportável, e seu modo de viver e agir vai contra todos os valores e crenças de Cláudia, mas as contas estão se acumulando, Cláudia está sem muitas opções, e então, se vê envolvida em uma história maluca, para encontrar uma esposa para um homem extremamente irritante.

Nesse ponto nossa história começa de verdade, e vamos acompanhando o desenrolar da mesma, amando alguns personagens e odiando outros. O fim parece bem previsível, mas a história toma um rumo bem diferente, que surpreende a todos, mas nos deixa extremamente satisfeitos com o fim.




De início achei que ia odiar o Renato por todo o livro, sua mania de pensar apenas em si mesmo é terrível, mas ele é também o protagonista das cenas mais engraçadas da história, as falas mais sarcásticas e o humor negro, que o fazem um personagem hilário, que gostamos de acompanhar.
Cláudia demorou um pouquinho a me conquistar, devido a sua baixa auto-estima e a algumas vezes, certa pirraça, mas por fim, consegui entender o seu lado e torcer pelo seu final feliz (que nem sempre é da forma que esperamos).

Os personagens secundários são de extrema importância para a história, tem suas vidas, e algo a acrescentar entendem? O Marcos é um amorzinho só, além de motorista é o melhor amigo de Renato, e toda a sua dedicação ao mesmo é tocante. Ele compreende o amigo, reconhece seus erros, defeitos e qualidades, e faz de tudo para tornar o Renato uma pessoa melhor. Detalhe importante: Ele é um homem que lê, romances ainda? É ou não pra se apaixonar? <3

Outra personagem que me conquistou foi a Beatriz, melhor amiga de Cláudia! A antipatia dela por Renato resulta em várias trocas de farpas entre os dois, e torna tudo muito engraçado. Beatriz é um pouco cética, em alguns momentos até negativa demais, mas também faz tudo por seus amigos, e isso fez com que a mesma ganhasse vários pontos comigo.

A única personagem que em minha opinião merecia mais destaque foi a Fabiana, que apareceu bem pouco (dada a sua importância na história). Senti falta de mais informações sobre ela, mais falas, e isso fez com que eu não me conecta-se tanto com a moça, não a sentisse realmente parte do grupo. Não foi algo que danificou o enredo, mas me sentiria muito mais satisfeita com um pouquinho a mais sobre ela.

Toda a história é narrada em terceira pessoa, e com isso temos uma visão mais ampla de todos os acontecimentos. São capítulos curtos, mas bem descritos e com uma linguagem bem fácil de entender! Sobre a edição, não tenho nada a reclamar. São folhas amarelas, diagramação perfeita.


A Página Certa foi uma grande surpresa para mim, e um dos melhores livros de 2016. Um livro leve, bem escrito, super engraçado, com romance na medida certa. Recomendo a todos os fãs de Romance,  leiam esse livro e encontrem sua Página Certa!

Beijos e até a próxima!

17 comentários:

  1. Oi, Ana! Tudo bem?
    Que bom começar o ano lendo um livro leve e divertido, né? Eu adoro ler livros assim também, pra intercalar com uns mais pesados. Acho que eu leria esse chick-lit sim. Gostei muito da sua resenha, bem escrita e que falou bem do livro sem revelar muito do enredo.
    Feliz ano novo. Sucesso pra ti nesse ano que recém nasceu.
    Um abraço!

    P.s.: o layout do seu blog é encantador.

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erica tudo bem?
      O livro é maravilhoso, e eu recomendo muito!
      Obrigada pela visita :)

      Beijos!

      Excluir
  2. oi, oi.

    antes mesmo de terminar de ler a resenha, já fui salvando os posts nos meus favoritos porque sabia que eu ia adorar. a sinopse já diz muita coisa e a tua resenha só me atiçou ainda mais a curiosidade.

    esse é um tipo de livro que eu leria com muita expectativa e feliz, pq AMO esses romances que nos surpreende no final. <3 com certeza vou atrás desse livro, principalmente por ser de autor brasileiro.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Adriel! Tudo bem? Quanto tempo!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Obrigada pela visita :)

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Ana, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas gostei do enredo e Renato me parece ser um bom personagem! Acho que vou curtir o casal <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! O Renato realmente é um personagem muito bom, no início a gente odeia ele, mas começa gostar depois, e torce para um final feliz! Amei o livro!

      Excluir
  4. Que blog mais apaixonante! Já estou seguindo em todas as redes rs
    Prazer Mari :)

    Beijos
    http://cantodesol2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor! Seja bem-vinda e obrigada por seguir! Espero que goste do meu cantinho! <3

      Excluir
  5. Oii Ana!
    Não gostei da capa do livro, não gosto de capas assim, mas gosto muito de romances.
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, tudo bem?
      De início também não gostei nada a capa, e julguei um pouco o livro por isso, mas por fim, eu amei!

      Excluir
  6. Oi, Ana! Juro que achei que o livro não era tudo isso por causa da capa, mas quebrei a cara e já estou procurando mais sobre ele para ler. Adoro uma comédia romântica!
    Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a gente não dá nada para o livro pela capa né? Comecei sem expectativa nenhuma e me surpreendi muito! Espero que você leia e goste!

      Excluir
  7. Gostei bastante da resenha, principalmente por ser um livro engraçado e leve. É bom ler um desses para descontrair :D o legal é saber que a leitura é maravilhosa, né!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro maravilhoso mesmo, super leve e engraçado! Recomendo muito!

      Excluir
  8. Não conhecia o livro, me identifiquei com a Beatriz, também sou assim. Faço de tudo por meus amigos, amei a resenha, clara e objetiva. Quero ler esse livro, achei bem interessante! beijos <3

    Vem visitar meu blog? ♥
    www.super-caprichada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha! Espero que leia o livro e goste!
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá, Ana!
    Confesso que o livro não chamou minha atenção, mas fico feliz ao saber que curtiu tanto a leitura :D Sempre bom ser surpreendida, né? Quem sabe não dou uma chance? Ótima resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger