[RESENHA]: Gelo Negro - Becca Fitzpatrick



Título: Gelo Negro
Autor: Becca Fitzpatrick
Páginas: 304
Ano de Publicação: 2015
Editora: Intrínseca

Sinopse: “Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cercado por natureza e cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança. Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores na descida das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um dos homens se mostra mais romântico do que perigoso, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.”
Olá amigos, tudo bem com vocês? Hoje trago resenha de um livro que estava super ansiosa para ler, e não fui decepcionada! Desde o lançamento de Gelo Negro, fui fisgada pela sinopse e capa, que achei super interessantes; além disso, o livro é da mesma autora da série Hush Hush, uma das minhas preferidas, então isso aumentou muito as minhas expectativas quanto a essa leitura! 


Britt passou por um rompimento amoroso que mexeu com ela. O fim do relacionamento fez com que a jovem quisesse provar para todos, principalmente para o ex-namorado, o quanto é forte e durona. Por isso, ao invés de ter férias na praia (opção da maioria das garotas da região), ela e a melhor amiga Korbie vão para a Cordilheira Teton, um lugar recluso, dominado pela neve, que prometia muita aventura e trilhas incríveis. Entretanto, ao invés das férias dos sonhos, Britt acaba em uma grande enrascada. Depois de uma nevasca inesperada, ela e a amiga – ainda distantes do destino final – precisam abandonar a segurança do carro e procurar abrigo. Nessa busca elas encontram uma cabana e dois rapazes, inicialmente possíveis salvadores. Porém, o que elas não sabem é que ao entrar nessa cabana estão assumindo o risco de não sair de lá salvas... Quem são esses estranhos? Serão eles os mocinhos ou vilões? Será que Britt e a amiga viverão para contar suas aventuras?

Antes da viagem de Britt a autora nos apresenta o caso de uma jovem que, ao sair bêbada com um estranho, acaba em uma cabana abandonada nas montanhas. Seu fim? Não sabemos, pelo menos não até Britt começar sua jornada. Assim, logo de cara fica óbvio para o leitor que tem algo – ou alguém – causando o desaparecimento e a morte de jovens mulheres. E isso é ainda mais assustador porque ao sabermos disso logo de cara, e ao ligarmos o passado com o presente, nos damos conta de que, provavelmente, é para esse fim que Britt e a amiga caminham. E isso é extremamente apavorante! Além disso, o diferencial da obra é que seu enigma não é tão previsível quanto pensamos. Não trata apenas de entender o que aconteceu com as garotas desaparecidas ou o que acontecerá com Britt e a amiga, mas também de desvendar o verdadeiro motivo por trás das mortes. E nesse ponto a autora inova, não apenas por nos enganar com pistas falsas, mas principalmente por fugir do clichê ou do previsível. O que intensifica a vontade de unir as peças e montar, de uma vez por todas, esse intrincado quebra-cabeças.

Além do suspense e mistério do livro (que me ganharam desde o início) outro ponto interessante a se observar é o amadurecimento da personagem. Ao longo da história vemos Britt se transformar de uma garota mimada e insegura, para uma mulher disposta a correr riscos para salvar a sua vida. Vemos os olhos da personagem se abrirem para o mundo a sua volta, e quando Britt finalmente entende tudo o que está acontecendo a sua volta, sua reação e impressionante! 

Em Gelo Negro temos um misto dos mais variados sentimentos. Becca conseguiu reunir nesta trama não apenas mistério e suspense. Ela inseriu um romance arrebatador, problemas familiares, vingança, inveja na amizade, a perda do primeiro amor e o quanto podemos nos enganar em relação às pessoas, tudo isso sem perder o foco da história. A mensagem final do livro também é linda. Fala de superação, de coragem e de como somos capazes de coisas inimagináveis para proteger aqueles que amamos e a nossa própria vida. 


A edição do livro está simples, porém bonita, a capa é fosca e condiz com a história. As folhas são amareladas, com um bom espaçamento e encontrei pouquíssimos erros de revisão. Recomendo muito a história para fãs do gênero, não tem grandes revelações ou lições de vida, mas é uma leitura instigante!

Beijos e até a próxima1

2 comentários:

  1. Olá!
    Gostei demais desse livro. Também curti esse ponto de superação por parte da personagem principal!! <3
    Sou viciada nos livros da Becca.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mônica, tudo bem?
      Essa foi a parte que mais gostei no livro, perceber o quanto a personagem amadureceu! Também sou apaixonada pelos livros dela! <3

      Beijos!

      Excluir

Olá, obrigada pela visita!
Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!

~ Não respondemos comentários em anônimo.
~ Não é permitido o uso palavras ofensivas.
~ Não compartilhamos livros, não pratique pirataria e valorize o trabalho do autor.

Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger