[RESENHA PREMIADA]: As Tumbas de Atuan - Ursula K. Le Guin (Ciclo Terramar - #02)

Título: As Tumbas de Atuan (Ciclo Terramar - #02)
Autor: Ursula K. Le Guin
Páginas: 160
Ano de Publicação: 2017
Editora: Arqueiro
Compre Aqui: As Tumbas de Atuan - Amazon
Skoob: As Tumbas de Atuan

Sinopse: "Quando Tenar é escolhida como suma sacerdotisa, tudo lhe é tirado: casa, família e até o nome. Com apenas 6 anos, ela passa a se chamar Arha e se torna guardiã das tenebrosas Tumbas de Atuan, um lugar sagrado para a obscura seita dos Inominados. Já adolescente, quando está aprendendo os caminhos do labirinto subterrâneo que é seu domínio, ela se depara com Ged, um mago que veio roubar um dos maiores tesouros das Tumbas: o Anel de Erreth-Akbe. Um homem que traz a luz para aquele local de eternas trevas, ele é um herege que não tem direito a misericórdia. Porém, sua magia e sua simplicidade começam a abrir os olhos de Arha para uma realidade que ela nunca fora levada a perceber e agora lhe resta decidir que fim terá seu prisioneiro. Finalista da Newbery Medal, que premia os melhores livros jovens de cada ano, As Tumbas de Atuan dá continuidade ao elogiado Ciclo Terramar com uma singela história que rompeu com os paradigmas de heroína quando foi lançada. 
“As lições de Terramar continuam tão potentes, sábias e necessárias quanto qualquer um poderia sonhar.” – Neil Gaiman

 Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje trago uma resenha especial, PREMIADA! O Ciclo Terramar tem sido uma leitura deliciosa pra mim, são livros de fantasia muito bem escritos, ricos em detalhes e reflexões. E por gostar tanto dessa história resolvi sortear um exemplar de As Tumbas de Atuan aqui no blog <3. Leia a resenha e saiba como participar, boa sorte!

Iniciamos a história de As Tumbas de Atuan conhecendo Arha, uma menina que teve seu destino traçado no dia que nasceu. Arha pertence a uma comunidade que venera os “Inominados”, deuses das trevas e da escuridão e segundo os crentes e adoradores desses Deuses, toda vez que a suma sacerdotisa morre, ela renasce em uma criança nascida no mesmo dia. Essa criança deve ser levada ao Templo dos Inominados, e instruída em todas as artes necessárias para ser a Primeira Sacerdotisa, honrar e proteger o Templo, e guardar as Tumbas de Atuan.


As Tumbas de Atuan são túneis cavados abaixo da templo, sem nenhuma iluminação, por onde a sacerdotisa deve se guiar sem nenhuma luz. Alguns túneis levam a grandes tesouros, outros, apenas a morte, e qualquer pessoa não autorizada pelos Deuses a entrar ali, pode ter um fim terrível. Além dos túneis, as tumbas contém um grande labirinto, que  apesar de instigar muito a curiosidade de Arha, ela não se aventura a entrar até se sentir pronta. No labirinto é permitida a entrada apenas da Sacerdotisa, e qualquer outro  que tente adentra o mesmo terá uma morte certa.  

Tudo corria bem na vida monótona de Arha, até que um dia ela encontra um intruso em seu labirinto. Um mago, com certeza, que veio roubar os tesouros que ela guarda! De início, Arha imagina todas as mortes possíveis que o feiticeiro pode ter, mas aos poucos a curiosidade toma conta, e com a desculpa de que “ele vai morrer mesmo”, Arha começa a ter contato com seu prisioneiro, e questionar o mundo de onde ele veio e as coisas que conheceu, e esse contato planta as raízes da dúvida em Arha: ela está mesmo do lado certo da história? As Tumbas são realmente tudo que ela tem a conhecer? Será que existe algo mais pra ela, fora do Palácio dos Inominados? Ou será que tudo que ela conheceu e acreditou a vida toda, não passaram de mentiras? 


As Tumbas de Atuan é um livro curtinho, são 160 páginas (Até menos que isso na verdade), mas mesmo assim carrega uma história fascinante. Apesar de O Ciclo Terramar girar em torno de Ged e suas “aventuras”, a protagonista da história é Arha (na verdade, Tenar) e Ged é apenas um coadjuvante na evolução da menina.

Tenar é uma garota completamente alienada pelo culto do qual faz parte. Toda a sua vida foi guiada em prol dos Deuses Inominados, não conhece nenhuma verdade que não seja a deles, nenhum mundo que não seja aquele. Ela carrega um poder sombrio que  pouco compreende, e o fardo de não ter ou conhecer nada, a não ser a vida que sempre teve. Quando conhece Ged e suas histórias, Tenar começa a se perguntar se podia existir algo mais para ela. Resolve escrever a própria história, e apesar do medo do desconhecido, está disposta a correr atrás de uma vida melhor.

Nesse volume temos um Ged mais maduro e sábio. Ele aceita o destino que Tenar julgar para ele, mas o tempo todo quer o melhor para a menina. Seu objetivo nas Tumbas foi claro, e acho que uma introdução para algo bem maior que está por vir.
"- Fazer surgir um jantar - completou Ged. - Ah, eu poderia. Em pratos de ouro, se quiser. Mas seria só uma ilusão e, quando a pessoa come ilusões, acaba com mais fome do que antes. É tão nutritivo quanto comer as próprias palavras."
O Ciclo Terramar é uma das melhores séries de fantasia que eu já li, pela sua profundidade e lições. Os personagens são bem escritos, a história rica em detalhes! Recomendo para todos os fãs do gênero! E se você quer concorrer a um exemplar de AS TUMBAS DE ATUAN, basta seguir as regras do formulário abaixo! Boa sorte!

IMPORTANTE: 

- O Sorteio será realizado no dia 31/08, e o resultado divulgado no dia 01/09.
- O prêmio será enviado em até 15 dias após a confirmação do ganhador. 
- O blog Entre Páginas não se responsabiliza por extravios por parte dos correios. 
- Apenas a primeira entrada é obrigatória, e vale 1 chance. As outras três são opcionais, e valem 3 chances. 


a Rafflecopter giveaway

6 comentários:

  1. Participo! Seguindo como Aline M. Oliveira
    alinemartinsoliveira1@gmail.com
    Bjoxx ♥☘♥☘

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,
    Não costumo ler livros semelhantes a As Tumbas de Atuan, mas essa série me parece ser interessante.. Quem sabe futuramente eu não dê uma chance às obras haha. Adorei a resenha!

    Abraços,
    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana! Eu li esse livro mês retrasado e não gostei muito. Achei muito lento, não conseguiu me prender como outros livros do gênero, mas fico feliz que tenha gostado.

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  4. Ana!
    Estou com o primeiro volume da série aqui para leitura, mas ainda não fiz e seria ótimo poder já ter o segundo exemplar, assim leio os dois de uma só vez.
    Gosto demais da autora.
    O enredo parece bem interessante, com uma protagonista 'curiosa' e 'rebelde' de certa forma. Deve ser uma tremenda aventura e ver GED mais maduro durante esse segundo livro, deve torná-lo muito bom.

    Participo e amanhã sairá divulgação no blog.
    RUDYNALVA CORREIA SOARES
    rudynalva@yahoo.com.br
    Bom final de semana!
    "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso que esperava mais do livro, acho que li com muitas expectativas, mas não me cativou muito não. Mas a sua resenha ficou ótima, o livro que não me agradou mesmo hah o/

    E tô começando um novo projeto, tem pouco mais de um mês, se puder deixar a sua visitinha! Abraços

    http://www.bananices.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, tudo bem? Eu só li o primeiro e amei <3 Ged evolui bastante na trama e estou bem curiosa para vê-lo nesse livro! Já estou participando do sorteio!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pela visita!
Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!

~ Não respondemos comentários em anônimo.
~ Não é permitido o uso palavras ofensivas.
~ Não compartilhamos livros, não pratique pirataria e valorize o trabalho do autor.

Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger