[RESENHA]: Amor Sem Medidas - Sophie Jackson (Trilogia Desejo Proibido #3)

Título:  Amor sem medidas (Trilogia Desejo Proibido #3)
Autor: Sophie Jackson
Páginas: 288
Ano de Publicação: 2017
Editora: Arqueiro


Sinopse: Tudo ia bem na vida de Riley Moore, um ex-presidiário que trabalha duro para se manter de forma honesta em Nova York. Um telefonema da mãe, no entanto, acaba tirando o rapaz dos eixos: o pai está internado em estado crítico, depois de sofrer o segundo ataque cardíaco em menos de dois anos.

Para estar ao lado da mãe nesse momento tão difícil e tentar resolver seus conflitos com o pai antes que seja tarde demais, Riley deixa tudo para trás e retorna a Michigan, sua terra natal, pela primeira vez em cinco anos.

Mas lá não estão apenas os pais de Riley e as memórias de sua família: Lexie Pierce ainda vive na cidade. Grande amor da vida de Riley, ela também foi a responsável por deixar seu coração em pedaços.

Como se a alma de um atraísse a do outro, o encontro entre os dois é inevitável. As lembranças de um amor poderoso fazem Riley querer Lexie de volta aos seus braços. Entretanto, a garota esconde um grande segredo, capaz de colocar à prova a confiança e os sentimentos do rapaz. Será que eles conseguirão superar a dor e o sofrimento de sua história para enfim viverem felizes para sempre?
Oi gente, tudo bem com vocês?

O romance está no ar, porque o livro resenhado é da autora Sophie Jackson, Amor sem medidas.  Esse é o terceiro livro da trilogia lançado recentemente pela editora Arqueiro. Mesmo não tendo contato com os livros anteriores eu não tive dificuldades na leitura, então, não irei saber se um livro é melhor que o outro.  Esse foi o meu primeiro contato com a autora.


A história é intercalada entre o passado e o presente. No passado a história se inicia em Michigan quando Riley Lincoln Moore, um menino de oito anos avistou uma bela garotinha brincando no quintal da sua casa. Ele adquiriu o hábito de ficar observando-a do outro lado da rua todos dos dias. Lexie Pierce, uma garotinha adorável e que tem uma grande imaginação percebeu que do outro lado da rua tinha um garoto que sempre estava a observando, mas, um dia  Lexie chamou Riley para brincar e tudo começou. Desde então os dois tiveram a melhor infância juntos. Estavam juntos em todos os eventos do colegial, até terem idade suficiente para os dois se olharem de outra forma.

Ela pegou uma bola de futebol da sacola que trazia pendurada nas costas.
-Pegue!

Riley estendeu os braços e conseguiu pegar a bola na primeira tentativa. Foi então que percebeu que havia um papel preso nela por um elástico.

- Abra - ordenou a menina.
Riley desdobrou o papel e viu um desenho da Terra com todos os detalhes dos mares azuis e dos continentes verdes. Ele franziu a testa.
- O que é isso? - perguntou, desconcertado, enfiando a cabeça pelo o vão da janela.   (...)
- Um planeta?
Lexie fez que não com a cabeça.
- Não seu bobo. - Lexie ficou mais séria - O mundo. O mundo inteirinho.
Você é o mundo inteirinho para mim.

Riley sempre teve o apoio da sua mãe Joan e do seu pai Park. A família é bem grande, pois Riley tem três irmãos, Sep, Tate e Dex, eles sempre tiveram uma boa relação um com o outro.  Christine e Sr. Pierce são pais de Lexie, ela tem uma irmã chamada Savanna. Devido a um problema pessoal, Lexie teve que desistir da faculdade em Nova York e de seus sonhos. Ela não poderia impedir Riley a seguir com a sua vida e ficar preso naquela cidade. Riley foi para a faculdade em Nova York, mas sempre que estava de férias ou recesso voltava para Lexie, porém, surgiu uma grande oportunidade para Riley na França e as coisas poderiam ficar mais complicadas. E sim, ela percebeu que estava atrasando a vida dele e resolveu deixá-lo ir. Ele não queria deixá-la, mas ela não permitiu a sua reaproximação.

No presente, Riley está em Nova York tentandoreconstruir sua vida após cumprir uma pena de 18 meses na cadeia. Ele tem uma vida relativamente tranquila em Nova York. Ele é sócio do Max, dono da oficiada O’ Hare em que trabalham. Riley se perdeu após perder o contato com a pessoa mais importante da sua vida. Quando chegou em  Nova York ele se envolveu com mulheres para ofuscar a dor no seu peito. E, foi assim durante muito tempo. Perdeu o contato com seus irmãos que também saíram da casa de Joan para seguirem sua vida. Mas bastou um telefone para reunir toda a família novamente. Park foi para o hospital e seu estado é grave. Riley e seus irmãos voltaram para Michigan para cuidar de seu pai e dar apoio a Joan. Desde sua condenação, Park mal falava com Riley, ele estava muito desapontado com seu filho e Riley queria que seu pai recuperasse a saúde para poder se explicar melhor e conseguir o seu perdão. Aquela cidade fazia as suas lembranças voltarem à tona. Parecia que tudo tinha acontecido ontem e não vinte e um anos atrás. Mas para ele não existe a probabilidade de Lexie e sua família ainda estarem morando na mesma cidade depois de tanto tempo.

Uma mulher bonita e independente, Lexie montou o seu próprio negócio que está indo muito bem na verdade. Tudo estava indo tão bem quando ela recebeu a notícia que Riley estava na cidade, devido à  enfermidade do seu pai. Mas, ela estava segura que ele não a encontraria porque ela estava morando do lado oposto do bairro que moravam. Mas, o inevitável ocorreu. Riley e Lexie se encontraram. Durante anos Lexie escondeu um grande segredo de Riley. Ela está disposta a recuperar a confiança que havia perdido, mas, a confiança quando se perde, é difícil reconquistá-la.




A leitura de Amor Sem Medidas me fez lembrar a minha infância e que mesmo que o tempo passe, mesmo que o destino faça uma grande mudança na sua vida, dentro de você ainda há  amor e lembranças vivas. Ensinou-me sobre compreensão e perdão. Achei a história boa. Até o momento não tinha lido um livro que o homem contasse a sua história, sobre como se sente em relação aos acontecimentos e eu achei isso o diferencial dele. Em poucos momentos existem cenas “Hot”, mas os momentos cativantes te envolvem. Juro que fiquei com raiva da Lexie, os motivos dela não me convenceram muito. Esse livro fala sobre infância, adolescência, depressão e superação. Eu fiquei apaixonada com o Riley, ele roubou meu coração. A história em si não me envolveu muito, o enredo é previsível. Achei o livro neutro. Tenho lido algumas resenhas dos livros anteriores e as avaliações são ótimas. Espero que ainda esse ano, eu tenha a oportunidade de lê-los.

Bom gente é isso.
Espero que tenham gostado.

10 comentários:

  1. Eu li o primeiro livro dessa série: desejo proibido, e foi uma experiência bem ruim. Não planejava ler mais nada dessa autora, mas depois da sua resenha vou dar uma chance pra esse. Gosto de histórias previsíveis kkkk, e Riley realmente parece ser bem fofo. Fiquei curiosa para saber o que o levou a prisão. Parabéns pelo blog, é lindo! Beijo

    Camila
    www.sharingbooks.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila.
      Riley fez uma grande besteira, pode ter certeza e isso afetou o futuro dele.
      Espero que dê uma nova chance para autora, vale a pena.
      Muito Obrigada!!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Lídia, tudo bem? Eu estou no primeiro volume da série e adorando, doida pra chegar no Riley e conferir, que pena que o livro não te envolveu tanto, mas acontece.
    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi!
      Eu amei o Riley, tão romântico s2.
      Assim que eu tiver a oportunidade vou ler os dois últimos livros, fiquei curiosa agora, todos falam muito bem deles.
      Obrigada por passar aqui!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Lídia. Tudo bem?
    Os livros dessa série possuem umas capas tão lindas, eu amo. Apesar de não me despertar tanto para a leitura. Mas adorei saber que esse livro é narrado por um homem,isso é tão atípico, né? Gosto de encontrar coisas diferentes, perceber como é a "voz" desse narrador.

    Fiquei curioso.
    Xoxo, Di.
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego,
      Estou ótima!!
      Então, esse foi o ponto positivo porque as vezes as mulheres me irritam um pouco, rsrsrs. Entrar um pouco na cabeça dos homens é uma boa.
      Obrigada por passar aqui!
      XoXo.

      Excluir
  4. Oii Lidia. Parabens pelo blog que é realmente muito bonito.
    Eu ainda não conhecia essa série mas fiquei encantada com a proposta do livro. Parece ser um amorzinho misturando a inocência da infância ao realismo do mundo adulto. Espero dar uma oportunidade ao livro em breve. Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jéssica!
      Eu também não conhecia, mas agora já quero todos os livro, rsrsr.

      Beijos!

      Excluir
  5. Sou uma romântica incurável e claro que livros assim, com histórias bem perto do real, me encantam!
    Ainda mais quando trazem seus personagens travando suas próprias lutas. E realmente, contada pela versão masculina é outro ponto muito importante!
    Não conhecia a série, mas espero poder saber mais e claro, ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,!
      Realmente essa história está bem perto da nossa realidade.
      Essa questão da condenação do Riley pode acontecer com qualquer um. E, o segredos... nem se fala.
      Obrigada pelo o comentário.

      Beijos!

      Excluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger