[RESENHA]: Querido John - Nicholas Sparks

Título:  Querido John 
Autor: Nicholas Sparks 
Editoria: Arqueiro
Páginas: 256
Ano de Publicação: 2017
Compre Aqui: Querido John- Amazon
Skoob: Querido John 

Sinopse:  Após uma juventude de rebeldia e bebedeira, John Tyree decidiu dar início a um novo capítulo em sua vida e se alistou no Exército. Um ano depois, agora um novo homem, ele retorna a Carolina do Norte para passar um tempo com o pai. Uma tarde, ele conhece a garota de seus sonhos. Além de ser linda, Savannah é amigável, de sorriso fácil, um exemplo de boa conduta e altruísmo. Um sentimento arrebatador nasce entre os dois.No entanto, John precisa voltar para a Alemanha a fim de concluir o serviço militar. Savannah decide esperar por ele, enquanto o jovem soldado promete que, após esse período, vai ficar para sempre ao lado da mulher que conquistou seu coração. O que nenhum dos dois poderia esperar eram os eventos do 11 de Setembro. Enquanto John entra em combate no Iraque, Savannah precisa reunir forças para superar a dor da distância. Nesse cenário de saudade e incertezas, uma simples carta pode mudar a vida dos dois para sempre.


Hoje eu trouxe para vocês a resenha do livro Querido John do autor Nicholas Sparks, que veio como cortesia da editora Arqueiro.  Antes do recebimento da cortesia eu não sabia que esse livro existia, algumas pessoas até me odeia por isso, rsrsrs. Todas as pessoas que comentei sobre o livro me disseram que eu ia chorar muito e achar a história linda. Eu já ouvi falar de outras obras do Nicholas Spark e todas as avaliações deles são ótimas. No final da leitura eu me convenci a assistir o filme, e não, eu não vou fazer comparação quanto ao livro e filme.  Só fiquei curiosa e tive medo da versão que montei na minha mente  do livro ser alterada por causa do filme, mas, eu preferi a minha versão mesmo.

John Tyree desde de jovem não tem facilidade de conviver ver com seu pai. Sua mão abandonou ele quando era criança. A falta de uma mãe, a juventude, dinheiro, o relacionamento difícil com o seu pai e a má influência na adolescência, foram os motivos para John ser um jovem rebelde. O único relacionamento sólido que John tinha com seu pai, era quando ele falava de moedas, mas com o tempo isso também foi destruído.  Um dia essa fase passa e ele decide se alistar no exército para amadurecer. Maior de idade, ele estava tirando seu primeiro recesso do exercito e voltou para a sua terra natal Wilmington para a casa do seu Pai.  

Uma mulher decidida, sabia,  jovem e madura essa é Savannah. Ajuda a construir casas para abrigar pessoas carentes. E, está dedicando o verão com os amigos para trabalhar em uma  nova casa. Savannah foi criada nas montanhas, e além do sotaque ela adora cavalgar no rancho dos seus pais. Atualmente ela convive com seu melhor amigo Tim, que tem um irmão autista. E, ela descobriu a melhor forma de lidar com a situação do irmão de Tim.  





Em duas semanas John e Savannah vivenciaram o verdadeiro amor. Os dois compartilhavam tudo, do surf à cavalos e como ver a lua cheia de outra forma. E, Savannah conheceu o pai de John. Ela teve muitas oportunidades de estar com o pai de John e ela percebeu algo diferente no comportamento dele, logo, John não sabia até o momento em como lidar com seu pai, até Savannah abrir os seus olhos. Após um desentendimento superado com Savannah, John começou a compreender melhor seu pai, e voltou a falar de moedas com ele. 


Quando os seus lábios encontraram os meus, soube que poderia viver cem anos e visitar todos os países do mundo,mas nada ia comprar áquele momento único em que a beijei pela a primeira vez a garota dos meus sonhos e soube que o meu amor ia durar para sempre”.


Cartas foram a meio de comunicação entre John e Sawanna, durante um ano, faltava pouco tempo para John deixar o exército, mas aí veio o 11 de Setembro, cartas, mais cartas e alguns telefonemas, porém, as cartas foram diminuindo ao longo do tempo, até que por fim uma última carta chegou nas mão do John





0

Um romance verdadeiro. Uma leitura rápida e fácil. Jonh não se apaixonou  por  Sawanna pela beleza e sim, pelo coração dela. O autor soube cativar cada detalhe no livro. E, mostrou que nem sempre as coisas saem do jeito que a gente quer.  Não sou insensível, mas eu não me emocionei tanto com a história, da forma que meus colegar falaram. Eu me sensibilizei muito pelo pai do John. Às vezes na correria do dia a dia, nós não percebemos problemas que estão diante dos nossos olhos. Não damos a atenção devida para nossos pais que tanto dedicaram a vida pelos filhos. Não julgo a Sawanna, somos humanos, sempre existe escolhas difíceis na nossa vida. Ambos sofreram muito.As atitudes e a maturidade de Sawanna de ajudar as pessoas, é o seu objetivo de vida. Em quanto ao John também não o culpo pelas suas escolhas. Refletir sobre o livro é a parte que eu mais gosto. Depois de ler a história, eu percebi que a vida passa rápido demais, tudo bem que trabalho oito horas por dia, mas agora, quando eu chegar em casa, quero poder conversar com a minha família e compartilhar um momento só nosso. Quero escrever mais cartas que e-mails.  Aí eu paro e penso, será que tudo que eu li nesse livro poderia ocorrer o mundo em que vivo hoje? Pessoas que ajudam a outra sem pedir nada em troca? Oferecer ajuda para cuidar de pessoas especial, bondade, amor verdadeiro.    

É isso gente, espero que tenham gostado. 
Até mais!

14 comentários:

  1. Oi, Lídia!
    Não sou fã do Sparks, mas ouço falar bem das obras dele. Essa eu não tenho muita vontade de conferir, mas Dois a Dois sim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      Esse foi o meu primeiro contato com as obras no Nicholas.
      Dois a Dois tem uma ótima avaliação.
      Obrigada pela visita!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Lídia! Tudo bem?

    Que resenha adorável! Me apaixonei pela premissa apesar da capa não ser de meu agrado, me parece um ótimo livro.

    Grande abraço!
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vitor!
      É um ótimo livro para refletir.

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Oi, Lídia!
    Primeiro preciso dizer que não tenho muita paciência para Sparks e, como leitora, me dói admitir que os livros dele são sempre muito melhores nas adaptações para o cinema do que a leitura em si. Mas, isso é minha opinião.
    Essa história é linda. É um dos poucos livros do autor que eu li, além de assistir ao filme, mas que me tocou muito. Achei sua resenha muito fiel aos sentimentos que o livro passa e que você falou sobre os personagens com um pouco de carinho até, tirando da história deles, a lição de vida que acho que o autor quis nos passar.

    Bjs*.*
    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mah,
      Espero ter outra oportunidade de ler as outras obras do Nicholas. Eu também gostei muito do livro, da adaptação do filme nem tanto. Realmente, tirei coisas boas neste livro.

      Obrigada pela visita.

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Lidia, tudo bem? Realmente a vida passa rápido demais! E se o livro te fez refletir é bom sinal! Só leio criticas positivas desse livro do Sparks e a capa é linda <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi!

      Eu também amei a nova capa :). As reflexões acho que é a parte mais importe de uma leitura.

      Obrigada pela visita.

      Beijos.

      Excluir
  5. Sou fã assumida do Sparks e suspiro a cada resenha de algum de seus escritos! Já li e tenho este livro na versão antiga e diga-se de passagem, esta capa está belíssima!
    Vi também a adaptação no cinema e adorei!
    Uma história de amor como tantas outras, mas sendo Sparks..parece ainda mais bela e triste!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Um belo romance maravilhoso, não é? Essa nova capa está maravilhosa mesmo.

      Obrigada pela visita. :)

      Excluir
  6. Oi Lidia, tudo bem?
    Eu simplesmente amo as obras do Nicholas Sparks, Querido John é incrível!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Filipe!
      Querido John é um livro ótimo.

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  7. Essa capa é linda demais, a editora Arqueiro fez mesmo um trabalho sensacional! Já vi o filme, mas nunca conferi o livro, e pela sua resenha a história consegue ser mais emocionante ainda!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,
      Se você gostou do filme, vai gostar mais ainda do livro.

      xx
      Obrigada pela visita.

      Excluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger