[RESENHA]: Menina Má - William March


Título: Menina Má
Autor: William March
Editoria: DarkSide
Páginas: 262
Ano de Publicação: 2016
Compre Aqui: Menina Má - Amazon
Skoob: Menina Má

Sinopse: “Nascemos todos inocentes e somos corrompidos pelo mundo à nossa volta, ou será a maldade é uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar mesmo na mais adorável das crianças? Há 62 anos, um livro de suspense psicológico faria com que milhões de leitores discutissem apaixonadamente essa questão. Que livro era esse? MENINA MÁ, mais um clássico que a DarkSide Books desenterra para os fãs do que há de melhor, e mais sombrio, na literatura mundial.”

Olá meus queridos, como vão? 

Bom, hoje eu vim trazer a resenha do livro Menina Má de William March, um thriller psicológico que me deixou extremamente envolvida do início ao fim. A leitura desse livro foi proveniente do evento Leitura Coletiva do blog The Tony Lucas Blog.

Como uma fã desse gênero se torna um pouco suspeito da minha parte descrever essa obra, porém Menina Má não trás apenas uma história... Vai muito além disso, quase uma reflexão. 



Em poucas palavras Menina Má - publicado originalmente em 1954 - conta a história de Rhoda Penmark, uma "doce", "gentil" e agradável criança de 8 anos de idade. Inteligente e perspicaz, Rhoda no primeiro momento encanta os olhos dos leitores sendo a personificação de um anjo encarnado... Porém, como diz o velho ditado, quem vê cara não vê coração, e ao longo da leitura começamos a perceber a verdadeira veracidade dessas palavras. Ela é filha de Christine, uma mulher rica, socialite porém sem muitos encantos. Rhoda é uma menina extremamente independente e extremamente madura pra sua idade (tornando-se preocupante). Usa seus encantos notoriamente sínicos para conquistar a empatia e o carinho dos adultos, coisa que não se replica às crianças que convivem com ela.

Durante a história encontramos diversos personagens que caem e se rendem ao seus encantos e isso faz com que a menina continue sua saga de malícia, até que, em uma tragédia decorrente de uma misteriosa morte, seu comportamento é questionado e colocado em xeque, e a partir daí a nossa história começa.

A minha percepção não foi de uma história em si. Não foi de uma aventura com um enredo muito elaborado. Menina má foi um conjunto de fatos envolvendo mãe e sua filha desprovida de amor que constituiu o enredo de forma geral.

Acompanhamos o desenrolar de várias tragédias protagonizadas por Rhoda durante toda a trama e fica cada vez mais evidente que, de um jeito ou de outro, o mal pode se encarnar no mais puro dos seres... as crianças. 


Uma analogia bem bacana que fiz, foi do filme "A Orfã" lançado no dia 22 de Julho de 2009 com direção de Jaume Collet-Serra. Quem assistiu e gostou com certeza se encantará por Menina Má.


A maior reflexão que o livro trás é: Será que herdamos a maldade através de nossas famílias e inevitavelmente ela se desenvolve ao longo dos anos, ou para que a maldade floresça o nosso ciclo de criação deverá influenciar?

A DarkSide mais uma vez arrebentou na capa desse livro e merece muitos e muitos elogios. Vale a pena tê-lo na coleção.

Leiam e nos contem o que vocês acharam!

E você que já leu, o que achou?

Até a próxima, beijos. 


Um comentário:

  1. Oieee, faz tempo que quero ler Menina Má, tem uma premissa mega interessante! E com certeza a edição da Darkside é um ponto positivo a mais!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger