[RESENHA]: Quando a Bela Domou a Fera - Eloisa James (Contos de Fadas #1)



Título: Quando a Bela Domou a Fera
Autor: Eloisa James
 Páginas: 320
Ano de Publicação: 2017
Editora: Arqueiro

Sinopse: “Quando a Bela domou a Fera é uma deliciosa releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?”
Oie oie minha gente, tudo bem com vocês? Ah eu comecei 2018 agarradinha no Romance de Época não é mesmo? Até então eu só conhecia os livros da Julia Quinn, por isso resolvi conhecer novas autoras do gênero e estou cada vez mais apaixonada pela escrita da Eloisa James. Quando a Bela Domou a Fera foi o segundo livro dela que eu li, e esse conseguiu me conquistar ainda mais que Um Beijo a Meia-Noite (que já foi um amorzinho!). Venham conferir o que eu achei do nosso Dr. House de época e sua história!


Linnet é a jovem mais bela e cobiçada da atual temporada de Londres. E sabendo disso, ela usa todo o seu charme a seu favor, a fim de conquistar os homens que despertam seu interesse (coisa difícil de acontecer), até que ela conhece um príncipe. O que ela não espera é que esse príncipe de príncipe mesmo só tenha o título, quando ouve falar em casamento some do mapa, traz grandes complicações à reputação da moça, e de uma hora para a outra, Linnet vê sua vida virada de cabeça para baixo, na boca de toda a sociedade.

Após o “escândalo”, Linnet não tem mais pretendentes, reputação, e todos se negam a acreditar em sua verdade, inclusive seu pai e sua tia. A única preocupação dos dois é casar Linnet o mais rápido possível, com alguém que aceite a moça sem muitas perguntas. E a oportunidade surge em Piers Yelverton, o conde de Marchant.

Piers é um medico brilhante, com uma arrogância dez vezes maior que a sua inteligência. Devido a um fato de seu passado, Piers tem uma perna fraturada, e por isso a isso sente muita dor constantemente e usa uma bengala para se apoiar. A dor somada a sua arrogância e falta de paciência fazem com que Piers tenha um humor terrível, e acaba ganhando o apelido de “Fera”, pois poucas pessoas conseguem lidar com ele. O pai de Piers deseja casar o filho desesperadamente, mas essa não é uma tarefa tão fácil, primeiro porque Piers não deseja se casar, JAMAIS; segundo porque devido à fama do filho, não chovem moças desejosas de se casarem com o médico... Seu pai precisa de uma candidata realmente desesperada rs, e quando Linnet surge precisando de um marido, parece um milagre caído do céu. Mas será mesmo?

Assim que Linnet chega à propriedade de Piers para conhecer seu pretendente, as coisas começam a andar. Os criados de Linnet apostam que o conde se apaixonará pela moça (Afinal, todos se apaixonam...), já os criados do conde apostam que ele fará a moça voltar para Londres às lágrimas. E a pergunta fica no ar: quem dobrará quem nessa história?

O que ninguém espera é que Linnet e Piers criem uma amizade durante a temporada da moça na propriedade. Linnet é diferente do que Piers esperava, é espontânea, engraçada, e decidida, e não tem medo dele. Já Linnet consegue ver o homem por baixo da fera que todos veem no médico, acredita que exista bondade nele, mas que por algum motivo ele esconde esses sentimentos... Mas será que ele terá coragem para se entregar ao que sente? Ou nada disso sera suficiente para fazer com que a fera vire um príncipe? Essas são as perguntas que essa história nos trás.

"Os lábios dele eram como conhaque, como um veneno que desceu por suas costas e roubou seu ar. E a língua dele...   
Piers não enfiou a língua onde não devia, como Augustus fazia. Em vez disso, contornou a junção dos lábios dela, um toque tão doce que ela abriu a boca, convidando-o a entrar. Ele não aceitou o convite. Sua língua vagava, deliciando-se com os lábios e provocando-os. 
O coração dela batia cada vez mais rápido e ela queria... Ela queria... Sua língua encontrou a dele, brincou por um instante, saboreou a essência de Piers. 
Então, finalmente – finalmente –, a mão que segurava a cabeça dela a puxou para perto, contra os contornos esguios e firmes do corpo. Piers inclinou a cabeça apenas um centímetro, mas Linnet, com todos os instintos enlouquecidamente alertas, sentiu o movimento, a mudança, a intenção dele. 
O beijo dele não era uma adoração gentil. Era uma carícia selvagem, um beijo louco e apaixonado, tumultuado, roubado. Instintivamente, os braços dela envolveram o pescoço dele. Piers tinha o gosto do chá que bebera no café da manhã e de uma substância mais selvagem: desejo. 
Era o tipo de beijo que um cavalheiro nunca, jamais, daria em uma dama. 
E Linnet estava adorando."


Após muitas resenhas positivas e vários comentários sobre o nosso Dr. House de época, eu estava bem ansiosa por essa leitura, minhas expectativas estavam altas, e graças a Deus não me decepcionei haha. Eloisa James com certeza me conquistou com suas releituras dos clássicos, e aguardo ansiosa o terceiro volume dessa série.

Piers é realmente muuuito parecido com o House (e falo com propriedade de 8 temporadas assistidas kk), com seu humor negro, temperamento ácido e sua bengala. Sua convicção de que nunca irá se casar é tão forte que eu quase acreditei nele. O relacionamento com o pai é bem complicado, e passei boa parte da leitura tentando entender o que havia acontecido de tão traumático entre os dois, e quando finalmente descobri, entendi um pouco o lado dele. Quando Linnet chega a propriedade, eu achei que ele ia ser um cavalheiro de armadura reluzente, mas não, o homem me surpreendeu de novo! 

Confesso que no início Linnet me irritou um pouco, mas a evolução da personagem foi me conquistando, e a forma como ela lida com Piers é muito engraçada, ele é pirracento e ela nem liga! A forma como o relacionamento dos dois vai sendo construída ao longo da história é muito bonita, e os capítulos finais são emocionantes, eu amei!

Espero ler mais títulos da autora em breve, e gostar tanto quanto gostei dessas releituras maravilhosas!

Espero que tenham gostado da resenha, beijos e até a próxima!

4 comentários:

  1. Olá Ana Luiza
    Sempre que leio uma resenha desse livro eu me derreto, eu sei que vou amar, e estou me segurando para não ler ainda pois preciso de preparo psicológico entende rsrs!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nivea!
      Ah esse livro é muito bom e eu recomendo demais! Depois me diga o que você achou :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu fiquei completamente apaixonada por essa história. Adorei a construção dos personagens, com um pirraçando o outro bem como você falou. Foi uma leitura tão gostosa e divertida, que estou com medo de ler o segundo livro da série e não encontrar emoções semelhantes.

    Blog | Lendo Outra Vez Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Ah pode ler sem medo que você vai amar! Eu até o momento li os 3 livros lançados e o 3 principalmente é de tirar o fôlego!

      Excluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger