[RESENHA]: A Duquesa Feia - Eloisa James (Contos de Fadas #3)


Título: A Duquesa Feia
Autor: Eloisa James
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2018

Sinopse:Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado. Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses. Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote. E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação. Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.” 
Olá minha gente, tudo bem com vocês? Hoje trago a resenha de um livro que se tornou um dos meus preferidos no gênero Romance de Época!  Aqui temos o costumeiro romance, a sociedade fofoqueira e julgadora, mas uma personagem feminina super forte e irreverente com uma personalidade marcadíssima, e... Piratas! Um Nobre pirata também! Isso foi uma completa novidade pra mim! 


James e Theodora foram criados juntos desde a morte do Pai de Theodora, ficando o pai de James responsável pela mesma e todos os seus bens até que ela se casasse. Os dois tem um laço de amizade muito forte, e muitas vezes se vêem como irmãos. Theo não é nenhuma beldade (eu imaginei o Kayky Brito vestido de Bernadete em Chocolate com Pimenta gente!), mas o que falta em beleza sobra em carisma, inteligência e perspicácia, e se não fosse o a mania de sua mãe de escolher roupas extremamente bregas e que não valorizam nada seus poucos atrativos, ela com certeza já teria o pretendente certo. Pelo menos é o que ela imagina.

Então, Theodora tem uma ideia brilhante: James fingir que a corteja, para assim atrair a atenção dos outros cavalheiros e então ela conseguir laçar seu pretendente. Paralelo a isso descobrimos que o pai de James, um vigarista viciado em jogo, perdeu boa parte da herança de Theo em jogos, e assim, ele obriga a James que se case com Theodora para que passe a administrar os bens dela sem que ela descubra que foi roubada.

 Definitivamente não é o que ele quer, James tem muita consideração por Theo, mas o que mais ele pode fazer? Então, eles se casam. E quando o sentimento começa a se mostrar mais que amizade, Theo descobre a verdade, entende que James nunca a quis, e o manda embora. A sociedade se choca com sua separação, Theo assume o controle total da sua vida e a tão sonhada independência, e James... bem, James some.

Uns acham que ele começou uma nova vida, outros que ele morreu, mas o que ninguém imagina é que ele virou um pirata! O cavalheiro doce, de feições finas, cabelo macio e voz suave se torna um homem forte, tatuado, cheio de cicatrizes e disposto a tudo para conquistar o que quer. E muitos anos depois o que ele quer é a sua esposa de volta. Resta saber se Theo, que também mudou e muito com o passar dos anos, está disposta a abrir mão da sua tão custosa independência, e deixar voltar para a sua vida um homem que ela mal reconhece, mas que com certeza faz seu coração acelerar. 

*  Foto Autoral. Gentileza não retirar os créditos. 
Esse livro se tornou um dos meus romances de época preferidos por vários motivos. O principal deles foi a Theodora, sem dúvida! Que mulher forte, cheia de atitude, iniciativa, e disposta a se impor, a buscar o que ela quer. Não tem medo de colocar o marido pra fora e se assumir como uma divorciada, e nem de usar as roupas que quiser, mesmo que isso choque a sociedade. Ela consegue ser o centro das atenções, lançar tendências, ser alvo de polêmicas e admiração. Vai do patinho feio ao Cisne sem dúvida, e foi maravilhoso acompanhar essa sua transformação.

James foi outra surpresa maravilhosa! Por mais que romances de época tenham seus libertinos, mulherengos e degenerados, que se dizem não ser cavalheiros, mas uma hora ou outra caem de amores e mudam, nada se compara a James. Ele fez o processo inverso, era lindo, educado, delicado até (tinha a pose de nobre), cantava e encantava... E aí quando sua vida muda, sua aparência e personalidade e mudam também. Passa do nobre pomposo a um pirata musculoso, tatuado, cabeça raspada, cheio de cicatrizes e bem rude. A inexperiência se foi a muito tempo, e hoje ele é um homem que sabe exatamente o que quer e o que fazer para conseguir. Eu fiquei completamente apaixonada por ele!

Os personagens secundários tiveram pouco espaço nessa história, não teve um que realmente chamou a minha atenção. Um ponto legal é que como os personagens passam muitos anos longe um do outro, acompanhamos a vida de cada um separadamente, e assim conseguimos ver os dois lados da moeda sabem? 

Eloisa James vem me conquistando cada dia mais com essa série e seus personagens irreverentes. Já estou ansiosa para o 4º volume, e se você não conhece a série, tem resenha dos livros anteriores aqui no blog!


Beijos e até a próxima! 

14 comentários:

  1. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mas a verdade e que não fiquei muito interessado, por não ler quase nada deste género literário.

    Que bom que encontraste pontos positivos, mas não gosto muito quando os personagens secundários quase não tem espaço na trama.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Caramba, piratas? Acho que nunca li um livro com personagens assim, hahaha. Não conhecia o livro ainda, mas fiquei bastante curiosa para ler depois de ver tua resenha. Valeu pela dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Romances de época ganharam meu coração através dos livros da Judith Mcnaught, em que as personagens são assim como a descrição que você deu da Theodora. Me interessei bastante pela história e achei SUPER LEGAL a questão de ter piratas (meu coração foi roubado pelo Hook once upon a time. <3)
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Não pretendo ter esse livro. Primeiro, porque não gosto do gênero. E segundo, porque não gosto dessa ideia de patinho feio. Eu sei que é uma releitura, mas, honestamente, nos tempos de hoje uma narrativa assim me parece muito ultrapassada. Mas, ao mesmo tempo, fico feliz que a protagonista seja independente (apesar de eu sempre ter medo disso nos livros, já que quase sempre é uma falsa ideia de independência). Que bom que gostou da leitura. Não tenho o mínimo interesse na literatura da autora, mas espero que você goste dos próximos livros dela :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu sou apaixonada por romances de época e estou curiosa com essa série, mas esse volume é um que talvez a leitura poderia não me agradar. Alguns aspectos da trama me incomodam um pouco e acho que ler um livro já esperando não gostar não é legal, então provavelmente eu não daria uma chance. Mas o legal é ver que cada um tem a sua opinião e gosto diferente, achei muito bacana saber o quanto você gostou da leitura e fico feliz por você ter tido essa experiência.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Essa é uma série de livros que eu ando cheia de vontade de conhecer, justamente por serem releituras de contos de fadas (que amo!). Não tinha lido nenhuma resenha desse em específico até o momento e adorei conhecer mais, especialmente por ser tão diferente do comum nos romances de época. Espero ter a chance de conhecer mais (amo piratas!). Dica super anotada.
    Abraças

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?

    Eu geralmente não sou muito fã de releituras, mas essa parece ser incrível. Romance de época com conto de fadas realmente não tem como dar errado. Gostei de ser uma releitura de O Patinho Feio, é bem diferente das que estou acostumada a ver.

    Acompanhar James se tornando um pirata vai ser um ponto positivo na história para mim, eu adoro todo esse mundo, acredito que vou me apaixonar.
    Vou adorar ver a evolução da Theodora. Acho que o único ponto negativo para mim é o fato de os personagens secundários não terem tanto espaço.

    Eu amei a sua resenha, ela me deixou super empolgada para ler esse livro, já está na minha lista de desejados!!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Apesar de não gostar muito desses titulos, eu fico super curiosa para ler essa série porque as personagens fogem totalmente do esteriótipo das mocinhas de romances de época, né? Eu acho isso incrível, porque coloca mulheres fortes, independente da época. Sei pela sua resenha que vou me divertir muito durante a leitura. Amei!

    ResponderExcluir
  9. Romances de época não costumam me interessar, na verdade enjoei de romances de todos os tipos. Mas essa mocinha e o mocinho que até se transforma em pirata conseguiram chamar minha atenção.

    Se tiver a oportunidade de ler não vou deixar passar!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Eu não gosto da maneira como os autores colocam os títulos nos livros, fica muito taxativo para mim, mesmo eu sabendo que é uma releitura do conto "O patinho feio". Tenho lido várias resenhas dos livros dessa autora mas, mesmo assim eles não chamaram a minha atenção e, não vou dizer que nunca irei ler os livros só que, por hora não estou interessada na leitura deles.

    Uma coisa que eu gostei muito de ler na sua resenha foi que a Theo é independente, não teve medo de tomar as rédeas do destino e mudar drasticamente a sua vida, em todos os romances de época que tenho lido as mulheres são fortes e decididas, não ficam dependendo dos maridos. Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse.
    Obrigada pela dica.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Como não amar essa série? Além de termos um universo de romance de época, a autora foi super criativa ao fazer releitura de clássicos, gente o patinho feio? Eu aprendi essa história quando era criança!!! E mais, ele se tornou um pirata de verdade??? Eu vou amar esse livro, risos.. Também acredito que ele tem tudo para se meu preferido, mas como ama a bela e fera, acho que o primeiro vai me conquistar também. Preciso ler urgente todos eles. Estou esperando a editora laçar todos para comprar. Adoei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Interessante o livro tratar de uma mudança física assim num romance de época, diferente ao menos. Não entendo muito de romances de época mas parece fugir do habitual deles com toda essa coisa de mudança.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Eu já conhecia o livro por meio da Editora Arqueiro, comentários da minha amiga Grazy e outras resenhas que por ventura li sobre "A Duquesa Feia". Fico contente que tenha gostado da leitura e a Arqueiro manda muito bem em se tratando de Romances de Época, tem várias opções e um grande público. Parabéns pela resenha, curti muito!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia a série já vou verificar as outras resenhas, quem sabe eu me empolgue tanto quanto você e se torne um de meus queridinhos. Gostei do personagem James

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger