[RESENHA]: O Amor Nos Tempos Do Ouro - Marina Carvalho


Título: O Amor Nos Tempos do Ouro
Autor: Marina Carvalho
Páginas: 328
Ano de Publicação: 2016
Editora: Globo Alt
Sinopse: ""Sabes que nunca me apaixonei, maman, mas se porventura o tivesse feito, seria por alguém como ele?" Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino.
Oie minha gente, tudo bem com vocês? Tenho andando sumida aqui do blog, confesso que tenho lutado diariamente contra o desanimo e buscado constantemente a inspiração para escrever... Lido eu tenho até bem (Oh Glória) e a resenha de hoje é de um livro que  já estava parado ha um tempinho na minha estante, e me arrependo de não ter lido antes! Espero que vocês gostem assim como eu gostei!


Cécile é uma jovem franco-portuguesa que após perder toda a sua família em um naufrágio, é enviada para o Brasil, aos cuidados de seu tio ganancioso, para se casar com o poderoso dono de escravos Euclides, um velho temido e sem escrúpulos, cuja má fama chega logo ao ouvidos da moça e faz com que ela deseje a morte a se casar com esse homem.

Assim que chega ao Rio de Janeiro, Cecile conhece Fernão, o aventureiro contratado por Euclides para levá-la em segurança para Minas Gerais. De imediato os dois se estranham, pois enquanto Fernão vê em Cécile apenas mais uma francesa mimada, Cécile não consegue ter nenhum apreço por qualquer pessoa que seja de alguma forma ligada ao seu futuro marido. Porém, a medida que os dias de viagem vão passando, os dois começam a se aproximar, Fernão percebe que Cécile é muito mais corajosa e humana do que ele imaginou, e Cécile começa a enxergar a bondade e o caracter por baixo da casca grossa de Fernão. O sentimento que começa a surgir vai mudar a vida dos dois, e juntos, eles vão descobrir até ontem estão dispostos a ir para encontrar sua felicidade.

Primeiramente gostaria de salientar o quanto achei incrível o trabalho de pesquisa da autora. É perceptível o quanto ela se dedicou, desde os diálogos entre os personagens e o vocabulário utilizado até as histórias locais e descrição dos lugares. Foi uma viagem pela história da minha cidade (Sou mineira gente!), e eu amei!

Os personagens são todos muitos bem construídos e cativantes. Fernão não é um mocinho convencional, tem uma personalidade bem forte, e isso me agradou. Cécile em alguns momentos é inocente demais, e cheguei a perder a paciência com ela, mas não há como negar que ela teve muita fibra para correr atrás do seu destino. A história é passada no Brasil Colônia, e me cortou o coração os momentos que envolviam negros, feitores e donos de escravos, é tudo muito desumano e cruel, e mais uma vez a autora soube ser bem fiel a nossa história.

Um ponto negativo é que o livro tem muitas expressões em francês, e a tradução fica no final do livro, e muitas das vezes acabei passando pelo trecho sem entender mesmo; seria mais fácil se a tradução estivesse no rodapé.

O Amor Nos Tempos do Ouro é seguido pelo livro A História de Malikah, uma personagem de destaque no primeiro livro, que realmente merece ter sua história contada! O livro entrou para a minha lista de favoritos e quero muito ler a continuação!

Beijos e até a próxima!


8 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Há muito tempo quero ler esse livro desde que lançou, mas infelizmente não tive oportunidade. Eu amo essa capa e acho legal uma história de época passado no Brasil, é bem diferente e isso me incita.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Miriã!
      Sim, a história se passar no Brasil foi o que mais chamou a minha atenção!! Tomara que você tenha a oportunidade de ler logo!

      Excluir
  2. Oi Ana, tudo bem?
    Conheço a Marina por causa daquele outro livro dela, "Simplesmente, Ana". Mas tenho muita curiosidade pra saber como ela se saiu com uma escrita mais histórica. Quanto a isso das traduções, é chato mesmo ter de ficar procurando, e teria sido mais simples colocar no rodapé, eles devem ter evitado por questão de estética ou algo assim.

    Já estou seguindo o blog!

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Eduarda, bem-vinda ao meu blog! Eu ainda não li outros livros da autora, mas se seguirem a mesma linha desse, com certeza eu vou gostar!
      Imagino que as traduções foram questão de estética mesmo, mas como seria melhor se fosse no rodapé viu?
      Beijos!

      Excluir
  3. Oiii Ana

    Eu queor demais ler esse livro. Primeiro por causa da ambientação, adoro essa época. Segundo porque realmente parece ser uma história envolvente e super bem escrita, além disso essa capa maravilhosa deixa a gente super encantada.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Alice, quanto tempo!!
      Sempre bom te ter por aqui :)
      Pois leia sim, e depois me diga o que você achou! Eu acho que vai gostar viu? Beijos!!

      Excluir
  4. Oi Ana!
    Já li Simplesmente Ana da autora e n foi uma livro que achei UAU, inclusive esperava bem mais da escrita da Marina, achei bem normal. Então vou pensar 2 vezes antes de ler outra de suas obras, infelizmente.
    Mas que bom q a obra te agradou, e com esse pano de fundo histórico deve ser interessante!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carol!
      Eu te entendo, eu tenho esse sentimento com a CoHo acredita? Li um livro dela (O Lado Feio do Amor) e pensei “é isso?” Kkkkkkk
      Mas se um dia resolver dar uma segunda chance, leia esse sim!

      Excluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger