[ESPAÇO CULTURAL]: Centro Cultural Banco do Brasil - BH


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Há um tempo tenho vontade de trazer aqui no blog, alguns eventos culturais que gosto de participar, lugares e pontos turísticos de BH que conheci, mas que nem sempre tem ligação com o mundo literário. Acho que cultura de toda forma é sempre bem vinda né? E por isso, resolvi começar hoje os posts da coluna “Espaço Cultural”. Na barra de opções ali em cima tem a Guia com todos os posts desse gênero agrupados!


Para iniciar, escolhi falar sobre um dos meus lugares preferidos e a sua exposição atual . O Centro Cultural Banco do Brasil, conhecido como CCBB, está localizado na Praça da Liberdade, e integra o Circuito Liberdade, complexo dos antigos prédios da administração pública que se tornaram espaços de cultura, artes e lazer, em um dos mais belos cartões postais da capital mineira.

Sobre o museu:

O prédio que abriga o CCBB Belo Horizonte, na Praça da Liberdade, teve sua construção iniciada em 1926. O arquiteto Luiz Signorelli, fundador da Escola de Arquitetura da Universidade de Minas Gerais, recebeu a incumbência de elaborar um projeto no conjunto de edifícios construídos para abrigar as secretarias do Estado. Finalizado em 1930, o prédio tornou-se a sede da Secretaria do Interior do Estado de Minas Gerais.

Pouco tempo depois, tornou-se abrigo para o Comando Geral das Forças Revolucionárias, durante a Revolução de 1930. Mais recentemente, o local abrigava a Secretaria da Defesa Social e a Procuradoria Geral do Estado.

Em agosto de 2009, foram iniciadas oficialmente as obras de restauração e adaptação do prédio onde viria a funcionar o CCBB Belo Horizonte. Inaugurado em 27 de agosto de 2013, o Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte é resultado de uma parceria entre o Banco do Brasil e o Governo do Estado de Minas Gerais. Está entre os dez museus mais visitados do Brasil, segundo o ranking do IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus.

O prédio, que possui uma área construída de aproximadamente 12.000m2 (O CCBB ocupa, atualmente, 8.000 m2 desse total) tem estilo neoclássico e é estruturado em torno de um pátio central, assentado sobre ampla escadaria e com entrada por bloco central destacado das alas laterais. Internamente, possui a riqueza e o requinte de detalhes caracteriza os grandes edifícios neoclássicos que marcaram a arquitetura brasileira até primeiras décadas de 1900. Possui teatro, galerias e salas multiuso, e traz apresentações de TEATRO, CINEMA, ARTES VISUAIS, MÚSICAS... Muitas delas gratuitas!



CONSTRUÇÕES SENSÍVEIS

Um recorte da abstração em nosso continente. Junto ao importante legado do concretismo e neoconcretismo brasileiros, são apresentadas as poéticas abstratas que prosperaram em outros países a partir dos anos 1930. Este diálogo coloca em perspectiva as particularidades e contribuições do Brasil às experiências geométricas como parte de um contexto regional.


Pensada especialmente para o Brasil, a exposição presta uma sutil homenagem à mostra Arte Agora III, América Latina: Geometria Sensível, destruída num trágico incêndio em 1978, quando ocupava o MAM do Rio de Janeiro. Muitos artistas apresentados naquela histórica ocasião estão presentes aqui, como representação das tendências pioneiras na região, agora junto a artistas contemporâneos que apontam para os rumos da abstração hoje. 

CONFIRAM ALGUMAS FOTOS DA EXPOSIÇÃO NA #CONSTRUCOESSENSIVEIS NO INSTAGRAM! 

Reprodução: Instagram.


Localização:
Praça da Liberdade, 450 – Funcionários
CEP: 30140-010 | Belo Horizonte - MG
(31) 3431-9400
ccbbbh@bb.com.br
Funcionamento: de quarta a segunda das 9h às 21 horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger