[RESENHA]: No meu Sonho Te Amei - Abbi Glines


Título: No Meu Sonho Te Amei
Autor: Abbi Glines
Páginas: 240
Ano de Publicação: 2019
Editora: Arqueiro 

Sinopse: Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde. Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.  Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta. 

Vale e Crawford se conhecem desde os 6 anos. Primeiro veio a amizade, e depois o amor. Os dois estudavam juntos, formaram juntos, e pretendem ir para a mesma universidade, concretizar um dos muitos planos que os dois têm, mas na noite da formatura eles são vítimas de um trágico acidente, que deixa Vale ferida e Crawford em coma. Vale vê seus planos ruírem, e desde então passa todo o seu tempo no hospital, esperando que Crawford acorde para que possam retomar seus planos juntos.  

E é nesse tempo que ela conhece Slate, amigo de fraternidade de um dos seus 4 irmãos, Knox. Slate é o clichê dos romances: lindo, cafajeste, que arrasa corações por onde passa e consegue tudo o que quer. Seu tio que o criou a vida inteira está internado no mesmo hospital com câncer terminal, e dentre as visitas que faz ao tio, Slate aproveita para conversar com Vale, e aos poucos os dois começam a criar um laço de amizade. Knox logo avisa Vale que Slate não presta, mas apesar de não ser cega aos encantos de Slate, o verdadeiro amor de Vale está em coma no hospital, e para ela apenas isso importa. Será? 

O tempo passa, a situação de Crawford não muda, e tanto a família dele quanto a de Vale começam a insistir para que ela retome a sua vida, vá para a Universidade, afinal, é isso que ele iria querer pra ela. Muito relutante Vale decide ir, e lá, as coisas começam a mudar. Além de fazer novos amigos, conseguir um emprego, e perceber o quanto ela mudou e perdeu a si mesma durante seu namoro, Vale começa a ficar mais próxima de Slate, e a ter sentimentos conflitantes por ele no processo. O mesmo pode se dizer dele, mas como um relacionamento sério é algo inimaginável para ele, ainda mais com a irmã de um amigo seu, Slate fica meio perdido e sem saber o que fazer.  

E aí, quando achamos que a história finalmente vai tomar um rumo certo, tudo sofre uma ENORME reviravolta, e novamente ficamos sem saber o que vai acontecer...  


Como já gritei aos quatro ventos, esse livro me surpreendeu muito! Acostumada com a série Rosemary Beach e os livros mais New Adults da Abbi, não esperava encontrar nesse livro uma história tão romântica e que ressaltante tantos outros pontos mais importantes que a sensualidade. Fora que só por ser um livro único já é uma surpresa né? Hahaha. Apesar de que, como leitores insatisfeitos que somos, a maioria das pessoas que conheço que leram esse livro queriam uma continuação, vai entender...  

Vale e Slate são personagens que ganharam meu coração por N motivos. Slate é o tipico badboy conquistador, mas por dentro tem um coração gigantesco, é carinho, amigo, preocupado com seu tio, cheio de medos e inseguranças. Uma das coisas que eu mais gostei é que em momento algum ele força a barra com a Vale sabem? Ela fala sim o que ele quer, mas ele respeita ela, valoriza, deixa que ela tome as decisões sem se impor, e isso foi uma característica que ganhou muitos pontos!  

Vale está em uma fase de redescoberta e amadurecimento. Desde os 6 anos ela está ao lado de Crawford, e hoje não se reconhece mais. De quantas coisas ela abriu mão por esse relacionamento? Quando foi que a voz dela se calou, e ficou apenas a dele? O relacionamento dos dois não era nada saudável, e o coma do Crawford dá a oportunidade para que vale enxergue isso, e comece a se reencontrar. Esse foi o ponto mais positivo do livro, temos romance sim, poucas cenas sensuais, mas o foco principal é a vale e a sua jornada de amadurecimento. 

A segunda parte do livro é completamente surpreendente e nos faz questionar muitas coisas, tomar raiva de alguns personagens, chorar e torcer por um final feliz. Abbi Glines com certeza acertou muito na dinâmica dessa narrativa, mas fiquei com gostinho de quero mais viu?  



A história tem muitos personagens secundários que completam muito todo o enredo. Vale é a única filha com 4 irmãos homens, e é muito bacana a relação de amizade e carinho deles. Meu destaque vai para o Knox, que apesar de não aparecer tanto, é uma gracinha da vida, e se a Abbi transformasse esse livro em uma série, com certeza ele merecia uma história também!  

A edição da Arqueiro está maravilhosa como sempre, e só posso agradecer pela oportunidade de ler esse livro e me apaixonar um pouco mais pela escrita da Abbi ♥  

Beijos e até mais! 

Um comentário:

  1. Oi!!
    Eu não gosto muito da autora confesso, mas eu quero muito ler esse livro pelo fato dele ter menos cenas sexuais. Eu acho que vou gostar muito principalmente com sua resenha maravilhosa. Tomara que eu me surpreenda positivamente.
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pela visita!

Gostou da postagem? Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
É blogueiro? Deixe o link do seu blog para que possamos visitar :)


Equipe Entre Páginas

© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger