[RESENHA]: No meu Sonho Te Amei - Abbi Glines


Título: No Meu Sonho Te Amei
Autor: Abbi Glines
Páginas: 240
Ano de Publicação: 2019
Editora: Arqueiro 

Sinopse: Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde. Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.  Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta. 

Vale e Crawford se conhecem desde os 6 anos. Primeiro veio a amizade, e depois o amor. Os dois estudavam juntos, formaram juntos, e pretendem ir para a mesma universidade, concretizar um dos muitos planos que os dois têm, mas na noite da formatura eles são vítimas de um trágico acidente, que deixa Vale ferida e Crawford em coma. Vale vê seus planos ruírem, e desde então passa todo o seu tempo no hospital, esperando que Crawford acorde para que possam retomar seus planos juntos.  

E é nesse tempo que ela conhece Slate, amigo de fraternidade de um dos seus 4 irmãos, Knox. Slate é o clichê dos romances: lindo, cafajeste, que arrasa corações por onde passa e consegue tudo o que quer. Seu tio que o criou a vida inteira está internado no mesmo hospital com câncer terminal, e dentre as visitas que faz ao tio, Slate aproveita para conversar com Vale, e aos poucos os dois começam a criar um laço de amizade. Knox logo avisa Vale que Slate não presta, mas apesar de não ser cega aos encantos de Slate, o verdadeiro amor de Vale está em coma no hospital, e para ela apenas isso importa. Será? 

O tempo passa, a situação de Crawford não muda, e tanto a família dele quanto a de Vale começam a insistir para que ela retome a sua vida, vá para a Universidade, afinal, é isso que ele iria querer pra ela. Muito relutante Vale decide ir, e lá, as coisas começam a mudar. Além de fazer novos amigos, conseguir um emprego, e perceber o quanto ela mudou e perdeu a si mesma durante seu namoro, Vale começa a ficar mais próxima de Slate, e a ter sentimentos conflitantes por ele no processo. O mesmo pode se dizer dele, mas como um relacionamento sério é algo inimaginável para ele, ainda mais com a irmã de um amigo seu, Slate fica meio perdido e sem saber o que fazer.  

E aí, quando achamos que a história finalmente vai tomar um rumo certo, tudo sofre uma ENORME reviravolta, e novamente ficamos sem saber o que vai acontecer...  


Como já gritei aos quatro ventos, esse livro me surpreendeu muito! Acostumada com a série Rosemary Beach e os livros mais New Adults da Abbi, não esperava encontrar nesse livro uma história tão romântica e que ressaltante tantos outros pontos mais importantes que a sensualidade. Fora que só por ser um livro único já é uma surpresa né? Hahaha. Apesar de que, como leitores insatisfeitos que somos, a maioria das pessoas que conheço que leram esse livro queriam uma continuação, vai entender...  

Vale e Slate são personagens que ganharam meu coração por N motivos. Slate é o tipico badboy conquistador, mas por dentro tem um coração gigantesco, é carinho, amigo, preocupado com seu tio, cheio de medos e inseguranças. Uma das coisas que eu mais gostei é que em momento algum ele força a barra com a Vale sabem? Ela fala sim o que ele quer, mas ele respeita ela, valoriza, deixa que ela tome as decisões sem se impor, e isso foi uma característica que ganhou muitos pontos!  

Vale está em uma fase de redescoberta e amadurecimento. Desde os 6 anos ela está ao lado de Crawford, e hoje não se reconhece mais. De quantas coisas ela abriu mão por esse relacionamento? Quando foi que a voz dela se calou, e ficou apenas a dele? O relacionamento dos dois não era nada saudável, e o coma do Crawford dá a oportunidade para que vale enxergue isso, e comece a se reencontrar. Esse foi o ponto mais positivo do livro, temos romance sim, poucas cenas sensuais, mas o foco principal é a vale e a sua jornada de amadurecimento. 

A segunda parte do livro é completamente surpreendente e nos faz questionar muitas coisas, tomar raiva de alguns personagens, chorar e torcer por um final feliz. Abbi Glines com certeza acertou muito na dinâmica dessa narrativa, mas fiquei com gostinho de quero mais viu?  



A história tem muitos personagens secundários que completam muito todo o enredo. Vale é a única filha com 4 irmãos homens, e é muito bacana a relação de amizade e carinho deles. Meu destaque vai para o Knox, que apesar de não aparecer tanto, é uma gracinha da vida, e se a Abbi transformasse esse livro em uma série, com certeza ele merecia uma história também!  

A edição da Arqueiro está maravilhosa como sempre, e só posso agradecer pela oportunidade de ler esse livro e me apaixonar um pouco mais pela escrita da Abbi ♥  

Beijos e até mais! 

[LEITURA COLETIVA] - Caraval



Até hoje só participei de uma leitura coletiva (que pra mim foi uma releitura), e foi do livro O Hobbit. Eu achei a experiência muito interessante, é bom ler um livro com outras pessoas, ver a perspectiva de cada um sobre a história, se tiveram a mesma impressão, se amam ou odeiam um mesmo personagem... Enfim, é realmente bem divertido!  
© Entre Páginas | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger